Notícias

Saldo da balança comercial de MS no 1º trimestre de 2020 é de US$ 493 milhões

07 de abril de 2020

A balança comercial em Mato Grosso do Sul no mês de março de 2020 apresentou um superávit de US$ 493 milhões, tendo como principais itens na pauta de exportação a celulose, soja, carne bovina, carne de aves e milho e ainda destaques positivos para o minério de ferro, algodão e açúcar. As informações estão na Carta de Conjuntura do Setor Externo, publicada nesta segunda-feira (6) pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

 
O resultado das vendas externas sul-mato-grossenses no primeiro trimestre de 2020 foi 23,26% inferior ao verificado de janeiro a março de 2019, mas a taxa de câmbio favorável ajudou a amenizar os efeitos desfavoráveis à exportação diante dos efeitos do novo coronavírus na economia mundial. Pela tendência verificada em relação a 2019, há uma estabilidade das exportações mesmo com queda nos dois principais produtos de exportação: a celulose recuou 39% e a soja em grão teve queda de 19,47%. O maior recuo no período, de 62,34%, foi registrado pelo milho em grão.
 
De acordo com o secretário Jaime Verruck, da Semagro, “esse cenário pega o início do coronavírus no Brasil e uma situação bem diferente em relação à China. No atual momento, os chineses têm buscado uma recomposição de estoques. Continuamos monitorando as operações. Neste período de vigência das medidas para combater o novo coronavírus, o foco da Semagro tem sido o de estimular a adoção de protocolos de segurança para manter o nível de produção e o emprego na indústria e garantir o fluxo logístico interno de carga e também de embarque nos portos. A queda na celulose, por exemplo, ocorreu exclusivamente por um travamento da carga, que não conseguiu ser embarcada para a China”.
 
As exportações de carnes, no entanto, seguem em alta: as operações externas da carne bovina tiveram aumento de 9,31% e as de carne de aves, 42,08%, em relação ao primeiro trimestre de 2019. O minério de ferro permanece em alta com aumento de 54,79% em termos de valor. Outros bons resultados foram registrados com o açúcar, que teve crescimento de 47,77% e com o algodão, que elevou suas exportações em 167,06% no período, ainda resultado do desempenho da safra no ano passado.
 
Em relação aos produtos importados, Mato Grosso do Sul continuou com uma pauta concentrada na importação de gás boliviano, representando 58,27% da pauta de importações no primeiro trimestre de 2020. Em termos de volume do gás, houve aumento de 3,19% no período, em relação a janeiro-março de 2019.
 
O principal destino das exportações continua sendo a China, representando no primeiro trimestre de 2020 cerca de 45,28% do valor total das vendas para o exterior feitas por Mato Grosso do Sul. Os países com maior aumento na participação foram: Coréia do Sul (222,32%) e Japão (87,98%). A maior queda foi registrada para os Estados Unidos, com baixa de 68,43% nas exportações em relação o janeiro a março de 2019.
 
“Observamos com cautela o mercado da carne. Houve uma alta nas exportações mas a situação no cenário interno requer atenção. Também estamos monitorando a relação da China com os EUA e mantendo a questão da logística e do funcionamento interno da agroindústria do Estado para obter um resultado diferente nos próximos meses”, finalizou Jaime Verruck.

Fonte: Marcelo Armoa | Semagro MS
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Artigo: O que está acontecendo com a relação de troca bezerro/boi gordo? 21 de maio de 2020 Guilherme Cunha MalafaiaPaulo Henrique Nogueira BiscolaFernando Rodrigues Teixeira Dias Esta pergunta paira na cabeça dos pecuaristas quando vee...
Semagro e Banco do Brasil lançam crédito de R$ 30 milhões para agricultura familiar 21 de maio de 2020 Produtores da Agricultura Familiar de Mato Grosso do Sul terão disponíveis R$ 30 milhões em recursos para contratação via Pronaf (Programa Nacion...
Municípios têm até 31 de maio para protocolar pedido de participação no ICMS Ecológico 21 de maio de 2020  Os municípios sul-mato-grossenses que desejam pleitear participação no rateio do ICMS Ecológico têm até 31 de maio de 2020 para enviar ao ...
União prorroga prazo de vencimento de parcelas de débitos com Receita e Fazenda Nacional 21 de maio de 2020 O Comitê da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico Produção e Agricultura Familiar), que faz o Monitoramento das Ações ...
Área plantada do milho 2ª safra segue estimada em 1,97 milhão de hectares em MS 21 de maio de 2020 Os dados do Boletim do Projeto SIGA/MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio) reafirmou as previsões de chuvas para os próximos 15 di...
Boi/Cepea: Ritmo de negócios diminui, mas valor da arroba permanece firma 21 de maio de 2020 Ainda que o ritmo de negócios envolvendo boi gordo para abate tenha diminuído nos últimos dias, os preços da arroba seguem firmes em muitas praça...
Mapa realiza última etapa técnica para o reconhecimento de três novas áreas livres de aftosa 21 de maio de 2020 O Rio Grande do Sul, Paraná e os estados que compõem o Bloco I do Plano Estratégico (PE) 2017-2026 do Programa Nacional de Erradicação e Prevenç...


Foto: Reprodução