Notícias

Preço das carnes tem queda de 3,53% em fevereiro, segundo IBGE

16 de março de 2020

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de fevereiro mostrou uma retração de 3,53% nos preços das carnes (bovina, suína e de aves). O índice foi divulgado nesta quarta-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 
“Conforme nossa previsão, depois de uma grande aceleração no final de ano passado havia uma expectativa de recuo em janeiro e fevereiro em função do menor consumo e maior oferta de gado no pasto, favorecido pela chegada das chuvas em algumas regiões produtoras, e uma menor exportação”, salienta Sílvio Farnese, diretor de Comercialização e Abastecimento da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Em janeiro, a redução do preço das carnes já havia sido de 4,03%. 
 
Segundo cálculos do IBGE, a carne de porco recuou ao consumidor 2,98%, o filé mignon caiu 7,13%, a alcatra teve recuo de 7,56%, o patinho registrou queda 4,22%, o acém caiu 0,29% e a costela recuou 1,73%. O preço do frango inteiro teve alta de 0,62. 
 
“No campo houve uma estabilidade de preços recebidos pela arroba do boi no comparativo de fevereiro e janeiro e as exportações estão em ritmo menor do que o início do ano passado”, conclui o diretor. O valor do boi ficou, em média, R$ 195/arroba (15 kg) nos dois meses na praça de São Paulo.
 
Ainda de acordo com o IBGE, a queda nos preços das carnes influenciou no resultado do grupo Alimentação e Bebidas (0,11%). “Com a deflação observada em fevereiro, as carnes apresentaram o maior impacto individual negativo no índice do mês (-0,09 p.p.) e contribuíram para a desaceleração da alimentação no domicílio (0,06%)”, diz o Instituto.
 
O IPCA de fevereiro teve alta de 0,25%, o menor resultado para o mês desde 2000. 

Fonte: Ministério da Agricultura
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Boi gordo: à espera da demanda 07 de abril de 2020 Em boa parte das praças pecuárias monitoradas pela Scot Consultoria, o mercado do boi gordo apresentou baixa movimentação na última segunda-feira...
Dólar alto acelera exportações e faz preço da soja brasileira ultrapassar R$ 100 por saca 07 de abril de 2020 A manutenção do dólar cotado acima de R$ 5 tem tornado a soja brasileira mais atrativa no mercado, segundo o Centro de Estudos Avançados em Econom...
Megaleite é cancelada por causa do coronavírus 07 de abril de 2020 A Exposição Brasileira do Agronegócio do Leite (Megaleite), uma das principais do setor leiteiro do país, foi cancelada devido ao coronavírus. O ...
Conab diz que Brasil tem grãos de sobra e plenas condições de garantir abastecimento 07 de abril de 2020 A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) garantiu nesta segunda-feira (6/4), em nota, que o Brasil tem condições de abastecer sua população c...
FCO Empresarial: parcelas prorrogadas e nova linha de crédito especial para empresários 07 de abril de 2020 A Resolução nº  4.798 do Banco Central do Brasil publicada nesta segunda-feira (6), cria uma linha de crédito especial no FCO (Fundo Cons...
Saldo da balança comercial de MS no 1º trimestre de 2020 é de US$ 493 milhões 07 de abril de 2020 A balança comercial em Mato Grosso do Sul no mês de março de 2020 apresentou um superávit de US$ 493 milhões, tendo como principais itens na paut...
Terça-feira de céu nublado e máxima de 31°C em MS 07 de abril de 2020 A terça-feira (7.4) em Mato Grosso do Sul será de tempo nublado e temperaturas agradáveis. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê céu...


Foto: Reprodução