Notícias

Exportações do agronegócio totalizam US$ 5,8 bilhões em janeiro

13 de fevereiro de 2020

As exportações do agronegócio totalizaram, em janeiro, US$ 5,8 bilhões, recuo de 9,4%. O setor participou com 40,4% do total das exportações brasileiras. As importações do setor somaram US$ 1,2 bilhão (-1,6%) e desta forma o saldo da balança ficou em US$ 4,6 bilhões, de acordo com levantamento da Balança Comercial do Agronegócio,  elaborado pela Secretaria de Comércio e Relações Internacionais (SCRI) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

A queda nos preços dos produtos do agronegócio exportados pelo Brasil, de 7,4%, foram a razão preponderante para a redução das vendas externas em janeiro, segundo análise da Secretaria. Também ocorreu redução na quantidade comercializada para o exterior, que declinou 2,2% na comparação do mês de janeiro de 2019.
 
As vendas externas de carnes (bovina, suína e de frango), açúcar e algodão, no primeiro mês do ano, ajudaram a compensar, em parte, a queda nos produtos do complexo soja – grãos, farelo e óleo (-31%) e dos produtos florestais – celulose, papel, madeira e suas obras (-33,8%).
 
Carnes
 
As carnes foram responsáveis por 23,2% do total exportado e atingiram US$ 1,35 bilhão (30,9%). A carne bovina foi a principal carne exportada, com US$ 631,5 milhões (+38,1%). Tanto o valor exportado como o volume, 135,3 mil toneladas, foram recordes para os meses de janeiro.
 
A carne suína também foi destaque com aumento de 79,9% no valor exportado (US$ 163,30 milhões) com 67,7 mil toneladas (42%). Já a carne de frango somou US$ 522,0 milhões, alta de 17%.
 
Açúcar
 
As vendas externas de açúcar subiram 55,8%, para US$ 470,25 milhões, com a quantidade de 1,6 milhão de toneladas (50,4%).
 
A quantidade, ainda, é muito inferior ao recorde de vendas de janeiro, que ocorreu em 2015, ano em que o país exportou 2,4 milhões de toneladas em janeiro, conforme a nota da Secretaria.

Algodão
 
A exportação recorde de algodão não cardado nem penteado colocaram as fibras e produtos têxteis na quinta posição entre os principais produtos de exportação do agronegócio. As vendas externas do produto subiram 144,2%, com US$ 484,80 milhões. O incremento ocorreu em função do aumento de 168,1% na quantidade exportada, recorde de 308,8 mil toneladas. 

Fonte: Mapa
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Quarta de tempo parcialmente nublado em Mato Grosso do Sul 19 de fevereiro de 2020 A meteorologia prevê quarta-feira (19.02) de tempo firme. O céu em Mato Grosso do Sul deve ficar parcialmente nublado a nublado, e terá pancadas de...
Governo define estratégias para prevenir e combater incêndios florestais em MS 19 de fevereiro de 2020 O Governo do Estado definiu estratégias de prevenção e combate a incêndios florestais em Mato Grosso do Sul ao longo do ano de 2020. Entre elas es...
Embarques de carne bovina continuam aquecidos neste mês de fevereiro 19 de fevereiro de 2020 As exportações de carne bovina in natura referentes aos dez primeiros dias úteis de fevereiro totalizaram 61,18 mil toneladas, com receita de US$ 2...
Mercado de reposição com viés altista 19 de fevereiro de 2020 Na média de todos os estados e categorias de machos e fêmeas aneloradas pesquisados pela Scot Consultoria, as cotações tiveram valorização de 1,...
Campo Grande sediará em junho o II Congresso Mundial de ILPF 19 de fevereiro de 2020 Pesquisadores, professores universitários, estudantes e técnicos já podem submeter seus trabalhos para o II Congresso Mundial sobre Sistemas de Int...
Tereza Cristina defende a realização simultânea das reformas tributária e administrativa 19 de fevereiro de 2020 A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) defendeu nesta quarta-feira (19) que as reformas tributária e administrativa seja...
Acrissul avalia promover Expogrande em dois turnos 19 de fevereiro de 2020 A Acrissul já está dando sequência aos preparativos para a realização da edição de número oitenta e dois da Expogrande. A associação avalia ...


Foto: Divulgação
As carnes foram responsáveis por 23,2% do total exportado e atingiram US$ 1,35 bilhão (30,9%)