Notícias

Brasil assina acordos sanitários para exportar carne termoprocessada e farelo de algodão à China

28 de outubro de 2019

O Brasil e a China assinaram nesta sexta-feira (25) dois protocolos sanitários para a exportação de carne termoprocessada e de farelo de algodão para China. Os acordos foram assinados pela ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e pela Administração Geral de Aduanas da China (GACC), conforme informou a Presidência da República. 

Os protocolos estabelecem os requisitos para permitir a exportação dos dois produtos do Brasil à China. O objetivo da negociação de protocolos sanitários entre os países é evitar o ingresso de pestes ou pragas endêmicas do país exportador no país importador. Conforme as normas da Organização Mundial do Comércio e outros organismos internacionais de referência, as exigências determinadas pelo país importador devem estar baseadas em critérios científicos. 
 
A carne termoprocessada é a carne que tenha passado por processos térmicos, como a cocção. O Brasil exportou em 2018 US$ 557 milhões em carne bovina processada e a China importou US$ 25 milhões do produto. Já o farelo de algodão é usado como ração animal. A exportação brasileira de farelo de algodão ainda é incipiente. A China importou US$ 4 milhões da commodity. 
 
Melhoramento da soja 
 
Também foi anunciado hoje um memorando de entendimento entre a Embrapa e a Academia Chinesa de Ciências para a criação de laboratórios conjuntos voltados ao melhoramento e desenvolvimento da soja. O memorando pretende fomentar a cooperação em ciência e tecnologia por meio de projetos conjuntos nas áreas de agricultura e recursos naturais para o aprofundamento do conhecimento existente e com base no desenvolvimento de agricultura sustentável e de fortalecimento institucional. 
 
O primeiro projeto consistirá no estabelecimento de um laboratório virtual Brasil‐China que desenvolverá pesquisas nas áreas de caracterização de germoplasma, edição de genoma e genética funcional na cultura da soja. 

Fonte: Mapa
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Agricultura familiar brasileira ganha destaque em feira de orgânicos na Alemanha 17 de fevereiro de 2020 Dez empreendimentos da agricultura familiar brasileira atravessaram o Atlântico para expor os seus produtos e apresentar sabores característicos do ...
Com estimativa de 9,9 milhões de toneladas, safra da soja 2019/20 vai bater recorde em MS 17 de fevereiro de 2020 A safra de soja 2019/2020 deve bater todos os recordes de produção em Mato Grosso do Sul, segundo estimativas divulgadas pela Aprosoja/MS e Sistema ...
Pecuária deve puxar o VBP de 2020 17 de fevereiro de 2020 A pecuária brasileira deve puxar o Valor da Produção da Agropecuária (VBP) deste ano. De acordo com o Ministério da Agricultura, as taxas de cres...
Fiscalização do Mapa detecta 4 mil frascos de azeite de oliva falsificados 17 de fevereiro de 2020 Um total de 4 mil frascos de azeite de oliva falso foi destruído nesta sexta-feira (14), em Araraquara (SP). O produto foi fraudado com a adição de...
Mercado do boi gordo registra alta em 21 praças pecuárias do País 17 de fevereiro de 2020 No fechamento da última quinta-feira (13/2), os preços da arroba do boi gordo subiram em 21 das 32 praças pecuárias pesquisadas pela Scot Consulto...
Brasil e Argentina firmam entendimento para cooperação no setor agropecuário 17 de fevereiro de 2020 Representantes do Brasil e da Argentina firmaram nesta semana um entendimento para a diversificação da pauta agropecuária entre os dois países. Na...
Mudança do Contran aumenta altura dos caminhões boiadeiros 17 de fevereiro de 2020 Depois de enfrentar os constantes transtornos na fiscalização em razão da altura inadequada para o transporte de gado, os caminhoneiros do setor co...


Foto: Divulgação
Ministros Bento Albuquerque (Minas e Energia) e Tereza Cristina (Agricultura) assinaram acordos com autoridades chinesas