Notícias

Feira do Peixe e Vitrine em Piscicultura destacam importância da cadeia produtiva

09 de outubro de 2019

Em Fátima do Sul produtores atendidos pelo programa de ATeG (Assistência Técnica e Gerencial) na piscicultura puderam comercializar as espécies de pintado e patinga na 2ª Feira do Peixe, promovida pelo Senar/MS e o sindicato rural. A iniciativa ocorreu nos dias 4 e 5 de outubro. Segundo a agente de comercialização, Alana Chaves, o objetivo da ação é de auxiliar os piscicultores a venderem suas mercadorias. “A feira veio para ajudar o pequeno produtor que não tenha uma comercialização formal, para que seja um meio de poder escoar o seu produto”.

Durante o evento foram vendidos mais de 200 quilos de peixe para os moradores da região. “A receptividade da população é sempre muito positiva, nós temos percebido que o público prefere comprar o pescado direto do produtor, principalmente pela qualidade e, por ser uma mercadoria fresquinha com um preço mais acessível do que pode se encontrar nos mercados, sabendo a procedência ainda mais com o auxílio da Assistência Técnica e Gerencial, com isso há um produto de melhor qualidade”, explica, Alana. 
 
Durante a ação cerca de 150 pessoas passaram pelo local, entre eles o presidente do sindicato rural de Fátima do Sul, Dário Antonio Gomes Silva. Também participaram o coordenador da Assistência Técnica e Gerencial em piscicultura, André Luiz Nunes e o técnico de campo, César Sales. Em setembro o Senar/MS realizou em Nioaque a primeira da vitrine na cadeia produtiva da piscicultura. A Assistência Técnica e Gerencial completa 5 anos de implantação no estado em 2019. Atualmente, beneficia 78 produtores de nove municípios.
 
A área de lâmina de água atendida é de aproximadamente 20 hectares. O coordenador do programa, André Luiz Nunes, detalha que a iniciativa contempla as seguintes ações: manejos produtivos, manejos de qualidade de água, auxílios em tomadas de decisões de compras e vendas de animais e insumos, planejamento de produção, escalonamento da safra, determinação de espécies ideais para o cultivo local, acompanhamento gerencial com foco no controle de custos e formação de preço de peixe.

Fonte: Famasul
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Sexta-feira de altas temperaturas e tempo nublado em MS 18 de outubro de 2019 Mato Grosso do Sul terá mais um dia com altas temperaturas e sol escondido entre as nuvens. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê para ...
Ministra Tereza Cristina dá posse a novo presidente do Incra 18 de outubro de 2019 O economista Geraldo Melo Filho tomou posse nesta quinta-feira (17) na presidência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra)....
Mapa discute melhorias dos serviços de seguros rurais com corretores e seguradoras 18 de outubro de 2019 Representantes do Departamento de Gestão de Riscos  da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abasteciment...
Cientistas desenvolvem proteína contra doença da cana-de-açúcar 18 de outubro de 2019 Com o uso da bioinformática, pesquisadores da Embrapa Agrobiologia (RJ) conseguiram produzir uma proteína recombinante que tem ação antimicrobiana...
Comitê gestor define vencedores do Selo Mais Integridade 18 de outubro de 2019 O comitê gestor do Selo Mais Integridade definiu nesta quinta-feira (17) as empresas aprovadas na seleção do edital 2019/2020. O prêmio é destina...
Garantia-Safra paga R$ 442,4 milhões para mais de 520 mil agricultores no ciclo 2017/18 18 de outubro de 2019 Mais de 520 mil agricultores receberam o pagamento do Garantia-Safra no ciclo 2017-2018, totalizando um saldo de R$ 442,4 milhões de recursos pagos. ...
Mercado do boi gordo continua em alta em todas as praças do Brasil 18 de outubro de 2019 Das trinta e duas praças pecuárias monitoradas pela Scot Consultoria, os preços subiram em nove na última quarta-feira (16/10). Inclusive em São ...


Foto: Divulgação
Durante o evento foram vendidos mais de 200 quilos de peixe para os moradores da região