Notícias

Custos de produção de suínos e de frangos de corte caem 2% em abril

21 de maio de 2019

Os custos de produção de suínos e de frangos de corte calculados pela CIAS, a Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa, caíram 2,16% e 2,41%, respectivamente, em abril, devido principalmente à diminuição dos preços dos insumos que compõe a ração dos animais.

 
No caso dos suínos, os gastos com a nutrição dos animais, que em abril representou 76% do total dos custos de produção, caiu 2,19%. Com isso, o cálculo do custo por quilo vivo de suíno produzido em sistema de ciclo completo em Santa Catarina passou de R$ 3,81 em março para R$ 3,73 em abril (o menor valor desde fevereiro de 2018).
 
O ICPSuíno fechou o quarto mês de 2019 em 213,51 pontos, seguindo em queda desde fevereiro. No ano, o índice acumula -2,73%, e chega a -5,73% nos últimos 12 meses.
 
Já o ICPFrango foi influenciado, além da queda nos gastos com nutrição (-1,29%), na diminuição do valor dos pintos de um dia (-1,14%), fazendo o índice fechar em 211,58 pontos.
 
O custo de produção do quilo do frango de corte vivo no Paraná passou de R$ 2,80 em março para R$ 2,73 em abril, valor calculado a partir dos resultados em aviário tipo climatizado em pressão positiva.
 
No ano, o índice de custo de produção de frangos de corte acumula -2,98% e, nos últimos 12 meses, -3,67%.
 
Os índices de custos de produção foram criados em 2011 pela equipe de socioeconomia da Embrapa Suínos e Aves e Conab. Santa Catarina e Paraná são usados como estados referência nos cálculos por serem os maiores produtores nacionais de suínos e de frangos de corte, respectivamente.
 
Aplicativo Custo Fácil - Disponível para download gratuito, o Custo Fácil auxilia o produtor integrado e a assistência técnica a estimar o custo de produção e obter relatórios para a gestão da granja. O Custo Fácil pode ser baixado em smartphones ou tablets com sistema Android na Google Play Store.
 
Planilha de custos do produtor - Produtores de suínos e de frango de corte integrados podem usar na gestão da granja uma planilha eletrônica feita pela Embrapa. Ela compara a receita obtida com os custos de produção, acompanhando a geração de caixa da granja e o impacto da prestação do financiamento. A planilha ainda analisa o resultado e apresenta uma estimativa da Taxa Interna de Retorno (TIR) do investimento. Ela pode ser baixada no site da CIAS.

Fonte: Embrapa Suínos e Aves
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Apoiado pelo Brasil, chinês é eleito novo diretor da FAO 24 de junho de 2019 O vice-ministro da Agricultura e Assuntos Rurais da China, Qu Dongyu, foi eleito neste domingo (23/6) o novo diretor geral da Organização das Naçõ...
Chineses cancelam compras de 100 t de carne suína dos EUA 24 de junho de 2019 Entre 7 e 13 de junho importadores chineses cancelaram compras de 100 toneladas de carne suína dos Estados Unidos para entrega em 2019, mostra relat...
Sêmen da raça araguaia começa a ser vendido no mercado 24 de junho de 2019 Pecuaristas da divisa dos Estados de Mato Grosso e Goiás desenvolveram uma nova raça de gado de corte, a araguaia, que carrega características gen...
Produtor deve pedir para Câmara manter decreto das armas, diz Bolsonaro 24 de junho de 2019 O presidente Jair Bolsonaro pediu que produtores rurais do Brasil peçam para os deputados não derrubarem o decreto que flexibiliza as regras de poss...
Câmara Setorial de Florestas de MS trabalha na atualização do Plano Florestal 21 de junho de 2019 As demandas do setor de florestas, tanto plantada quanto nativa, vem sendo tratadas em Mato Grosso do Sul com auxílio da Câmara Setorial de Floresta...
Pronaf e Pronamp terão os maiores orçamentos de suas histórias no Plano Safra 21 de junho de 2019 O anúncio do Plano Safra 2019/2020, que neste ano voltou a incluir todos os produtores rurais, beneficiou os agricultores familiares, avalia o secret...
Liquidez retornando no mercado de reposição 21 de junho de 2019 Após duas semanas de marasmo e pressão nos preços, o mercado de reposição “voltou a andar nos trilhos.” No mercado do boi gordo,...