Notícias

Mourão sugere cautela na avaliação sobre guerra comercial entre EUA e China

15 de maio de 2019

Em meio à tensão gerada pela guerra comercial entre China e Estados Unidos, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, defendeu cautela por parte do Brasil. "A gente tem que olhar essa disputa comercial de forma crítica e cautelosa, não achando que isso vai ser algo definitivo, porque são movimentações de negociações", disse o vice a jornalistas.

 
Ele destacou que os Estados Unidos e a China possuem economias complementares. "Os Estados Unidos importam muito da China, enquanto a China possui grande parcela dos títulos da dívida pública americana, do Tesouro americano, e, por isso, são complementares. Então a gente tem que ter cautela nisso aí", continuou.
 
Poucos dias antes de iniciar viagem à China, onde ficará por cerca de dez dias, o vice afirmou que o governo está em clima de expectativa sobre a proposta que os chineses irão apresentar sobre a chamada Nova Rota da Seda ("One Belt, One Road", ou Iniciativa do Cinturão e Rota), projeto mundial de investimentos em infraestrutura. A decisão, no entanto, só será tomada após visita oficial do presidente Jair Bolsonaro ao país, em agosto. Uma das condicionantes do governo brasileiro, segundo ele, é a contratação de brasileiros para a realização das obras. "O investimento tem que vir aonde nós queremos. Tem que ser um investimento que contrate brasileiros e não chineses. Em linhas gerais é isso aí", explicou.
 
Mourão destacou a importância de "iniciar um relacionamento de confiança" para retomar diálogo com a China. "Que os chineses entendam que nós os temos como parceiros estratégicos. É o nosso maior fluxo comercial. Sabemos da importância da China, que hoje tem mais de um terço do produto interno do mundo. No curto, médio prazo pode chegar a ter mais da metade, e a gente tem que se colocar bem nisso aí", declarou.

Fonte: Estadão Conteúdo
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Acrissul recebe visita do diretor presidente da Iagro MS 16 de agosto de 2019 O presidente da Acrissul, Jonatan Pereira Barbosa, recebeu na tarde desta sexta-feira a visita do diretor presidente da Iagro-MS, o engenheiro agrôno...
Raça girolando tem palestra, julgamento e leilão na ExpoMS Rural 16 de agosto de 2019 Para este está a prevista a participação de cerca de cento e dez animais no julgamento ranqueado da raça, que acontece nos dias 29 e 30 de agosto ...
Dia será ensolarado com baixos índices de umidade do ar 16 de agosto de 2019 O dia começa fresco, entre 12°C e 15°C, mas promete ser bastante quente em Mato Grosso do Sul ao longo desta sexta-feira (16.08). O sol deve ...
Parceria entre Mapa e MCTIC vai levar mais conectividade ao campo 16 de agosto de 2019 O Ministério da Agricultura e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) lançaram, nesta quinta-feira (15), a Câma...
Consultoria do Senar/MS em ovinocultura garante carne de qualidade e dentro dos padrões exigidos 16 de agosto de 2019 Importações brasileiras de carne ovina correspondem a 10% do total consumido no país e o mercado tende a expandir. A comercialização da carne de ...
PL que prioriza cobertura de telefonia móvel nas áreas rurais é aprovado em comissão 16 de agosto de 2019 A Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara aprovou, nesta quarta-feira (14) o PL 9039/2017, do deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS). O projeto alter...
Safra recorde de milho pode ser ainda maior em MS: 11 milhões de toneladas 16 de agosto de 2019 O campo continua rendendo boas notícias para Mato Grosso do Sul. A safra recorde de milho deste ano – que nas previsões iniciais deveria super...


Foto: Valter Campanato | Agência Brasil
O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, defendeu cautela por parte do Brasil em meio à tensão gerada pela guerra comercial entre China e Esta