Notícias

Tereza Cristina inaugura Pavilhão do Brasil na maior feira de alimentos da Ásia

15 de maio de 2019

Pão de queijo, açaí, cachaça, mel e carnes. Esses são alguns dos produtos brasileiros que os visitantes da Sial China 2019, em Xangai, poderão conhecer e degustar. A Sial China é a maior feira de alimentos da Ásia, que começou nesta terça-feira (14) e vai até o dia 16 de maio.

 
A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e a comitiva brasileira na Ásia visitaram os mais de 50 estandes brasileiros, que ocupam espaço de 140 metros quadrados.
 
A delegação almoçou no pavilhão com alimentos preparados na própria feira pelos expositores.
 
Tereza Cristina inaugurou o Pavilhão do Brasil na feira. A Sial China ocupa uma área de 162 mil metros quadrados, com 3.400 expositores de 67 países. A expectativa é de que 110 mil pessoas passem por dia pelo evento, conforme a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).
 
Na inauguração do estande do Brasil na Sial China, ministra descerra a faixa e o clima é de alegria. Um grande número de estandes brasileiros promovendo a nossa carne na China.
 
Carne para os chineses
Alguns dos destaques do Pavilhão do Brasil são os estandes dos produtores de carne. O setor quer aproveitar a feira para conquistar os chineses e ampliar as exportações.
 
Os expositores devem servir cerca de 550 quilos de carne para os visitantes durante todo o evento, conforme a Apex-Brasil, que organizou a participação do país na feira em parceria com a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (ABIEC) e a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).
 
De acordo com as associações brasileiras, 16 empresas de carne bovina e nove de aves e suínos participam da feira.
 
Em 2018, os embarques de carnes in natura para o mercado chinês somaram mais de 915 mil toneladas (sendo 322,4 mil de carne bovina desossada, 438,8 mil toneladas de carne de frango e 155,9 mil toneladas de carne suína). China é um dos principais destinos das carnes brasileiras.
 
Balanço
Após a feira, a ministra Tereza Cristina fez um balanço dos dois primeiros dias de visita à China, dos eventos e reuniões ocorridos em Xangai.
 
“Em Xangai, pudemos ouvir alguns empresários brasileiros e chineses, ter algumas reuniões muito importantes com investidores interessados em investir no Brasil. Agora partimos para terceira etapa da nossa viagem para Pequim onde teremos reuniões também muito interessantes. A mais esperada delas com a GACC [vigilância sanitária], onde nós vamos tratar do assunto de abertura de mercado das nossas proteínas animais, tratar de outros certificados que o Brasil precisa para acessar o mercado chinês”, disse a ministra.

Fonte: Ministério da Agricultura
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Venda de tratores de rodas cresce 39,6% em MS no primeiro quadrimestre de 2019 21 de maio de 2019 A venda no varejo de tratores de rodas cresceu 39,6% em Mato Grosso do Sul no primeiro quadrimestre de 2019 frente ao mesmo período de 2018, passando...
Manejo do palhiço no sul de Mato Grosso do Sul prejudica canavial 21 de maio de 2019 Pesquisa realizada pela Embrapa Agropecuária Oeste, na região sul do Mato Grosso do Sul comprovou que nessa região quanto menos manejo for feito co...
Caminhoneiros boiadeiros param no PA e afetam pecuária 21 de maio de 2019 A pecuária do Pará, mais especificamente no norte do Estado, se encontra em difícil situação, relata boletim desta tarde de terça-feira da Infor...
Exportação de lácteos da Argentina aumenta 9% no 1º trimestre, para 72,6 mil toneladas 21 de maio de 2019 A exportação de produtos lácteos argentinos aumentou 9% em volume no primeiro trimestre deste ano, em comparação com igual intervalo do ano anter...
PIB do Agro cresce 0,07% em fevereiro, mas cai 0,46% no 1º bi 21 de maio de 2019 O PIB do agronegócio calculado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecu...
Calor durante o dia e frio no início da noite; sem previsão de chuva na maior parte de MS 21 de maio de 2019 O calor deve continuar nesta terça-feira (21). Uma massa de ar seco ganhou força sobre o Centro-Oeste e ainda atua na maioria das áreas . Mesmo com...
Custos de produção de suínos e de frangos de corte caem 2% em abril 21 de maio de 2019 Os custos de produção de suínos e de frangos de corte calculados pela CIAS, a Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa, caíram 2,16% ...


Foto: Divulgação
Ministra Tereza Cristina inaugura estande brasileiro na Sial China 2019, maior feira de alimentos da Ásia