Notícias

Seguindo plano para retirada da vacina contra aftosa MS apresenta a√ß√Ķes em reuni√£o do PNEFA

25 de abril de 2019

A equipe da Iagro est√° desde ontem (quarta, 24) em Curitiba (PR), no segundo encontro dos Estados que comp√Ķe o Bloco 5 (Paran√°, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso), dentro do Plano Nacional de Erradica√ß√£o e Preven√ß√£o da Febre Aftosa (PNEFA).

Na oportunidade, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) aprovou a solicitação do Paraná em antecipar a retirada da vacinação contra febre aftosa para maio de 2019.

De acordo com o calend√°rio do PNEFA, a √ļltima etapa de imuniza√ß√£o do rebanho bovino e bubalino do bloco 5, grupo que o estado integra, seria apenas em maio de 2020.

Segundo Luciano Chiochetta, diretor presidente da Iagro, a Ag√™ncia de Defesa Agropecu√°ria do Paran√° (Adapar) apresentou as a√ß√Ķes realizadas no estado, cumprindo o cronograma e as exig√™ncias propostas pelo Minist√©rio e assim obteve aprova√ß√£o do Minist√©rio. “Como esta √© a √ļltima campanha do Paran√°, a partir de setembro aquele Estado j√° n√£o poder√° receber animais vacinados”. Lembrou.

Com essa decis√£o, o Paran√° poder√° solicitar em 2020, a Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde Animal (OIE), o status de livre de febre aftosa sem vacina√ß√£o.

A coordenadora de Produção Animal da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Lilian Figueiredo, participou da reunião e afirmou que ficou clara a competência do Paraná em prosseguir com a retirada da vacina.

“Todos os elos da cadeia, tanto do setor p√ļblico quanto do setor privado, se mostraram confiantes para esse novo ciclo."

Lilian informou que diferente das ag√™ncias e servi√ßos dos outros estados, a Adapar n√£o depende de or√ßamento p√ļblico, logo demonstrou possuir recursos necess√°rios para seguir com o plano proposto pelo governo.

A comitiva de Mato Grosso do Sul, composta pelo Diretor Presidente Luciano Chiochetta, o gerente de Defesa Sanit√°ria Animal, Rubens de Castro Rondon, a Chefe da Divis√£o de Defesa Sanit√°ria Animal Marcia Rabelo, o coordenador do Programa Nacional de Erradica√ß√£o e Preven√ß√£o de Febre Aftosa – PNEFA, o fiscal estadual agropecu√°rio e m√©dico veterin√°rio, Fernando Endrigo Ramos Garcia e a Coordenadora do N√ļcleo de Epidemiologia Veterin√°ria, Giuliana da Fonte Nogueira Avelino Duarte apresenta nesta quinta-feira as atividades realizadas no Estado, seguindo o cronograma do plano, onde a retirada da vacina√ß√£o acontece em 2021 e a mudan√ßa de status para ‘livre de febre aftosa sem vacina√ß√£o’ acontece em 2023.


Fonte: Semagro | MS
Voltar Imprimir
Deixar um coment√°rio
Nome
Coment√°rio
 

Notícias recentes

Venda de tratores de rodas cresce 39,6% em MS no primeiro quadrimestre de 2019 21 de maio de 2019 A venda no varejo de tratores de rodas cresceu 39,6% em Mato Grosso do Sul no primeiro quadrimestre de 2019 frente ao mesmo período de 2018, passando...
Manejo do palhiço no sul de Mato Grosso do Sul prejudica canavial 21 de maio de 2019 Pesquisa realizada pela Embrapa Agropecuária Oeste, na região sul do Mato Grosso do Sul comprovou que nessa região quanto menos manejo for feito co...
Caminhoneiros boiadeiros param no PA e afetam pecuária 21 de maio de 2019 A pecuária do Pará, mais especificamente no norte do Estado, se encontra em difícil situação, relata boletim desta tarde de terça-feira da Infor...
Exporta√ß√£o de l√°cteos da Argentina aumenta 9% no 1¬ļ trimestre, para 72,6 mil toneladas 21 de maio de 2019 A exporta√ß√£o de produtos l√°cteos argentinos aumentou 9% em volume no primeiro trimestre deste ano, em compara√ß√£o com igual intervalo do ano anter...
PIB do Agro cresce 0,07% em fevereiro, mas cai 0,46% no 1¬ļ bi 21 de maio de 2019 O PIB do agroneg√≥cio calculado pelo Centro de Estudos Avan√ßados em Economia Aplicada (Cepea) em parceria com a Confedera√ß√£o da Agricultura e Pecu√...
Calor durante o dia e frio no início da noite; sem previsão de chuva na maior parte de MS 21 de maio de 2019 O calor deve continuar nesta terça-feira (21). Uma massa de ar seco ganhou força sobre o Centro-Oeste e ainda atua na maioria das áreas . Mesmo com...
Custos de produção de suínos e de frangos de corte caem 2% em abril 21 de maio de 2019 Os custos de produção de suínos e de frangos de corte calculados pela CIAS, a Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa, caíram 2,16% ...