Notícias

Reflore/MS lança na sede do Sistema Famasul campanha de Prevenção e Combate a Incêndios

15 de abril de 2019

A Reflore/MS - Associação Sul-Mato-Grossense de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas, em parceria com associados e a Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS e com o Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, realiza nessa segunda-feira (22), às 8 horas, o lançamento da “7ª Campanha de Prevenção e Combate a Incêndios”.

 
O evento contará com a presença de lideranças do setor e parceiros. “Durante o evento, vamos lançar o curso Coordenador de Brigadas de Incêndios, em parceria com o Corpo de Bombeiros visando subsidiar a conhecimento para elaboração de planos de contingências, com objetivo de minimizar acidentes que colocam em risco vidas humanas e danos ao meio-ambiente”, destaca o presidente do Sistema Famasul, Mauricio Saito.
 
O curso citado por Saito será desenvolvido utilizando uma ferramenta chamada de Sistema de Comando de Incidentes – SCI, uma ferramenta de gerenciamento de incidentes padronizada, para todos os tipos de sinistros e eventos, que permite a seu usuário adotar uma estrutura organizacional integrada para suprir as complexidades e demandas de incidentes únicos ou múltiplos.
 
Com base na Lei 9.605/98, voltada para crimes ambientais, o tema da Campanha deste ano é “Queimar é crime”. A proposta é mostrar o quanto a ação humana ainda é uma das maiores causas dos incêndios e que essas atitudes podem ser penalizadas; os responsáveis podem ser punidos e responder por seus atos. Segundo o artigo 41 da Lei quem provocar incêndio em mata ou floresta pode ter como pena a reclusão, de dois a quatro anos, e multa. E em caso de crime culposo, a pena é de detenção de seis meses a um ano, e multa.
 
Durante o lançamento serão apresentados dados referentes aos incêndios que acometeram o estado nos últimos anos, as causas dos incidentes, as ações que serão realizadas, entre outros temas. Representantes da Reflore/MS e das instituições parceiras discorrerão sobre os objetivos da campanha e sua importância.

Por um MS livre de incêndios
Os incêndios ameaçam a vida humana, o meio ambiente e a economia. A fumaça das queimadas pode atrapalhar a visibilidade dos condutores nas rodovias; incêndios podem promover o deslocamento de moradores de áreas de riscos, o corte de fornecimento de serviços básicos como a energia elétrica e o mais grave: a morte. As consequências ambientais vão desde a perda da biodiversidade, degradação do solo, emissão de gases de efeito estufa até mudanças climáticas. Com relação aos prejuízos econômicos, o fogo pode acabar com plantações, como as de florestas, impactar no transporte de alimentos com o fechamento de rodovias, entre outros.
 
Assim, por meio de diversas ações, anualmente a Campanha de Prevenção e Combate a Incêndios tem compartilhado informações com o propósito de conscientizar as populações rurais e urbanas sobre a importância da prevenção. Ao mesmo tempo, a ação tem buscado preparar e capacitar as pessoas para atuarem no combate a incêndios em caso de incidentes.
 
Serviço: o lançamento da ‘7a Campanha de Prevenção e Combate a Incêndios’, acontece no dia 22 de abril, às 8 horas, no Sistema Famasul, localizado na rua Marcino dos Santos, 401, Chácara Cachoeira II, em Campo Grande-MS. A realização é da Reflore/MS e seus associados: Arborgen, Brasilwood, Corus Agroflorestal, Eldorado Brasil, Frigg Florestal, Niobe, Granflor, Grupo Atallah, Grupo Mutum, Lacan Florestal, Marca 7, Novo Oeste, Quilombo Florestal, Ramires Reflortec, Suzano e Vetorial e parceiros, entre eles: Famasul, Senar-MS, Ibama, Corpo de Bombeiros, Produtores Rurais, Polícia Militar Ambiental e Polícia Rodoviária Federal. Para denunciar focos de incêndio ligue 193.

O QUE É A REFLORE MS
Reflore/MS: é a Associação Sul-Mato-Grossense de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas que reúne importantes empresas da cadeia produtiva da floresta com sede ou filial em Mato Grosso do Sul. Tem como missão congregar, promover e defender os interesses coletivos das Empresas Associadas que se dedicam ao Desenvolvimento Sustentável com base em Florestas Plantadas.

Fonte: Sistema Famasul
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Seguindo plano para retirada da vacina contra aftosa MS apresenta ações em reunião do PNEFA 25 de abril de 2019 A equipe da Iagro está desde ontem (quarta, 24) em Curitiba (PR), no segundo encontro dos Estados que compõe o Bloco 5 (Paraná, Rio Grande do Sul, ...
Exportação de gado vivo bate recorde e esquenta debate interno 25 de abril de 2019 Um por um, os bovinos vão descendo do caminhão, em fila indiana, monitorados por estivadores; percorrem um pequeno corredor com laterais fechadas, p...
PIB do agro inicia 2019 com leve queda 25 de abril de 2019 O PIB do Agronegócio brasileiro apresentou ligeira queda de 0,15% em janeiro de 2019, de acordo com pesquisas do Cepea (Centro de Estudos Avançados ...
Simpósio aborda experiências em conservação de raças ovinas locais 24 de abril de 2019 A Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), a Uniderp, a Fundação Manoel de Barros e a Embrapa realizam nos dias 25 e 26 de abril o Simpósio ...
China confirma novos focos de peste suína em província 24 de abril de 2019 O Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China confirmou que foram detectados novos focos da peste suína africana (ASF, na sigla em inglês)...
RS realiza pedido para se tornar livre de aftosa sem vacinação 24 de abril de 2019 O Rio Grande do Sul se somou, esta semana, à lista de Estados que buscam o título de livre de febre aftosa sem vacinação. A Secretaria da Agricult...
Tereza Cristina: “Nossa agricultura precisa de mais tranquilidade, de mais segurança para produzir” 24 de abril de 2019 A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) afirmou nesta terça-feira (23) que melhorar o programa de subvenção ao seguro r...


Foto: Reprodução
A proposta é mostrar o quanto a ação humana ainda é uma das maiores causas dos incêndios e que essas atitudes podem ser penalizadas