Notícias

Clima prejudica e produção de soja em MS encerra ciclo com redução próxima a 9%

12 de abril de 2019

Com 8,8 milhões de toneladas e com produtividade média de 48 sacas por hectare, a colheita da soja safra 2018/2019 em Mato Grosso do Sul chega ao fim. O anúncio foi publicado no Boletim Agrícola do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, com base no levantamento do Siga – Sistema de Informações Geográficas do Agronegócio, ferramenta de monitoramento da safra rural sul-mato-grossense.

 
Os dados compilados pela Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de MS) revelam uma queda de, aproximadamente 9%, no volume produzido em relação à temporada anterior.
 
Para o presidente do Sistema Famasul, Mauricio Saito, o clima foi o fator que mais contribuiu para a redução da produção da oleaginosa. “É preciso ter em mente que a empresa do produtor rural é a céu aberto, totalmente suscetível às intempéries climáticas, por isso, a produtividade caiu 23%, impedindo um novo recorde histórico”.
 
No entanto, mesmo com a redução de produtividade desta safra, a produção quando comparada à temporada 2013/2014, cresceu 44% e a produtividade avançou mais de 3% no estado. Municípios como Alcinópolis, Coxim, Costa Rica, São Gabriel do Oeste, Laguna Carapã e Chapadão do Sul registraram médias acima de 60 sacas por hectare, o que influenciou positivamente no aumento da produtividade média do estado, que registrou 48 sacas por hectare.
 
Mauricio Saito destaca o perfil sustentável do produtor rural. “O crescimento é rápido e consciente.  O agricultor é o maior interessado na preservação do meio ambiente e por isso, a expansão das áreas de agricultura se dá sob a conversão de áreas de pastagens degradadas. A adoção de tecnologias, a exemplo do plantio direto, faz com que o produtor garanta o desenvolvimento da sua atividade com qualidade e sustentabilidade”, ressalta.

Fonte: Da Assessoria
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Brics precisa enfrentar tendências ao protecionismo, afirma Tereza Cristina 18 de julho de 2019 A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) disse nesta quarta-feira (17) que o principal desafio do bloco formado por Brasil,...
Oferta de preços menores para o boi gordo em todas as praças 18 de julho de 2019 Com a entrada da segunda quinzena e a expectativa de redução de consumo, as indústrias estão ofertando preços menores pela arroba do boi gordo em...
Delegação do Brics visita banco genético da Embrapa, o maior da América Latina 18 de julho de 2019 Representantes de delegações estrangeiras do Brics (bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) visitaram dois centros de pes...
Preços da carne bovina no atacado apresentam reação 18 de julho de 2019 Na semana passada, o mercado atacadista da carne bovina sem osso registrou mais uma semana de altas, a terceira consecutiva. Segundo levantamento da S...
Diretor da secretaria executiva do Mapa é eleito para comitê do IICA 18 de julho de 2019 O brasileiro Gustavo Pereira da Silva Filho foi eleito na segunda-feira (16) para integrar o Comitê de Revisão de Auditoria do Instituto Interameric...
Curso gratuito do Senar otimiza produção com bem-estar na pecuária de corte 18 de julho de 2019 Analisar o comportamento animal, do nascimento à terminação, é o objetivo do Curso de Manejo Racional de Bovinos para Abate oferecido pelo Senar/M...
Celso Moretti assume interinamente a Presidência da Embrapa 18 de julho de 2019 A partir desta quarta-feira (17), o então diretor-executivo de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa, Celso Moretti, assume interinamente a Presidên...


Foto: Divulgação
Produtividade da soja avançou mais de 3% no estado