Notícias

Práticas de manejo adequadas podem resultar em lavouras alta performance

18 de janeiro de 2019

A alta produtividade da soja e a incansável busca pelos 100 sacos por hectare é um dos desejos de grande parte dos sojicultores. Para alcançar resultados surpreendentes, a aplicação correta das técnicas por parte dos agricultores é fundamental. Com esse intuito, o painel "Manejo do Sistema Soja/Milho para altas produtividades" trouxe para o Showtec 2019 a palestra "Diagnóstico e práticas de manejo, caminhos para construir lavouras de alta performance", ministrado pelo engenheiro agrônomo e consultor, Henry Sako.

Segundo o palestrante, a fertilização adequada do solo é essencial para alcançar índices altos de produtividade. Dentro desse contexto, o produtor deve ficar atento a alguns fatores, pragas e doenças, uso correto da mecanização agrícola e rotação de culturas. Além disso, é preciso conhecer a física do solo de sua região, para evitar erros que possam comprometer a lavoura.
 
É preciso, ainda, escolher a cultivar correta, de acordo com o perfil de solo da região, bem como o balanço nutricional da planta por meio da adubação, entre outros cuidados básicos de manejo. "É possível, ainda, alcançar bons resultados pela genética. Há casos de lavouras ao longo do Brasil que obtiveram incremento de 70 kg de soja por hectare por conta do melhoramento genético", destaca.
 
Contudo, Sako pontuou a importância de se fazer uma avaliação do solo para que seja tomada uma decisão correta dentro da lavoura. De acordo com o especialista, apenas 30% das lavouras traçam essa análise. "Estamos acompanhando diversas lavouras em nove estados do Brasil e percebi que o modelo agronômico para provocarmos a alta produtividade é bastante claro. No entanto, existe uma característica para analisarmos. Em cada talhão, cada fazenda, o sistema de produção está na natureza. Ou seja, o plano de manejo para cada situação é único, por isso a importância do diagnóstico", reitera.

Fonte: Fundação MS
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Acrissul recebe visita do diretor presidente da Iagro MS 16 de agosto de 2019 O presidente da Acrissul, Jonatan Pereira Barbosa, recebeu na tarde desta sexta-feira a visita do diretor presidente da Iagro-MS, o engenheiro agrôno...
Raça girolando tem palestra, julgamento e leilão na ExpoMS Rural 16 de agosto de 2019 Para este está a prevista a participação de cerca de cento e dez animais no julgamento ranqueado da raça, que acontece nos dias 29 e 30 de agosto ...
Dia será ensolarado com baixos índices de umidade do ar 16 de agosto de 2019 O dia começa fresco, entre 12°C e 15°C, mas promete ser bastante quente em Mato Grosso do Sul ao longo desta sexta-feira (16.08). O sol deve ...
Parceria entre Mapa e MCTIC vai levar mais conectividade ao campo 16 de agosto de 2019 O Ministério da Agricultura e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) lançaram, nesta quinta-feira (15), a Câma...
Consultoria do Senar/MS em ovinocultura garante carne de qualidade e dentro dos padrões exigidos 16 de agosto de 2019 Importações brasileiras de carne ovina correspondem a 10% do total consumido no país e o mercado tende a expandir. A comercialização da carne de ...
PL que prioriza cobertura de telefonia móvel nas áreas rurais é aprovado em comissão 16 de agosto de 2019 A Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara aprovou, nesta quarta-feira (14) o PL 9039/2017, do deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS). O projeto alter...
Safra recorde de milho pode ser ainda maior em MS: 11 milhões de toneladas 16 de agosto de 2019 O campo continua rendendo boas notícias para Mato Grosso do Sul. A safra recorde de milho deste ano – que nas previsões iniciais deveria super...


Foto: Divulgação
O engenheiro agrônomo e consultor Henry Sako durante a palestra