Notícias

Iagro monitora Influenza Aviária e Doença de Newcastle no Estado

13 de dezembro de 2018

A Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) realiza o monitoramento anual da Doença de Newcastle e Influenza Aviária do Sítio de Aves Migratória do Estado, na Curva do Leque, no Pantanal do Mato Grosso do Sul, com colheitas de soro e suabes de traqueia e de cloaca em aves residentes num raio de 10 km, onde temos a maior aglomeração de sedes de fazendas, além dos maiores lagos e salinas, atrativos para aves de vida livre.

Neste ano as coletas foram realizadas no mês de setembro, com a participação de 5 Fiscais Estaduais Agropecuários. Foram vistoriadas 175 galinhas, totalizando 525 amostras colhidas que foram encaminhadas ao laboratório Oficial – LANAGRO em Campinas/SP para processamento. A Iagro é responsável pelo pronto atendimento das suspeitas de ocorrência da Influenza Aviária e Doença de Newcastle. Durante a vistoria são avaliadas as condições ambientais, condições sanitárias e comportamentais das aves.
 
Sobre as Doenças
 
A doença de Newcastle e a Influenza Aviária são doenças de notificação obrigatória que podem acometer aves em geral (subsistência, comercial, silvestre, etc.), causadas por vírus e com sintomatologia clínica muito semelhante. Portanto, ao identificar um dos sintomas, comunique ao Serviço Veterinário Oficial do seu município
 
Sobre os Sítios de Aves Migratórias
 
O Brasil é visitado periodicamente por milhares de aves que realizam movimentos sazonais da América do Norte para a América do Sul e vice-versa. Dentre as aves que visitam o território nacional, destacam-se aquelas que migram com a proximidade do inverno boreal.
 
No período de inverno, a baixa oferta de recursos alimentares aliada a fatores endógenos, induz a migração de várias espécies dos Hemisférios Norte e Sul aos sítios de alimentação ou áreas de invernada em países vizinhos ou outros continentes. Nestas áreas permanecem até o início da primavera em seu local de origem, para onde retornam e se reproduzem.
 
No território nacional, são encontrados vários sítios de invernada, os quais são de extrema importância para conservação e manutenção destas espécies, desde o Amapá até o Rio Grande do Sul, como a Ilha de Campechá (MA), a Lagoa do Peixe (RS), a Coroa do Avião (PE) o Pantanal (MS e MT).

Fonte: Semagro
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

MS deve colher cerca de 9 milhões de toneladas de soja, com retração devido à estiagem 18 de janeiro de 2019  Mato Grosso do Sul deve colher cerca de 9 milhões de toneladas de soja nessa safra, segundo dados do SIGA-MS (Sistema de Informação Geográfi...
Abimaq pede aporte de R$ 3 bilhões no orçamento do Moderfrota 18 de janeiro de 2019 A Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos solicitou ao governo aporte de R$ 3 bilhões no orçamento do Moderfrota, principa...
Práticas de manejo adequadas podem resultar em lavouras alta performance 18 de janeiro de 2019 A alta produtividade da soja e a incansável busca pelos 100 sacos por hectare é um dos desejos de grande parte dos sojicultores. Para alcançar resu...
INTL FCStone mantém previsão de moagem no Centro-Sul e reduz produção de etanol 18 de janeiro de 2019 A INTL FCStone manteve nesta quinta-feira (17/1), na segunda estimativa para safra 2019/2020 de cana-de-açúcar no Centro-Sul do Brasil, a previsão ...
Cotação do boi gordo estável em São Paulo e frouxa em Mato Grosso do Sul 18 de janeiro de 2019 A melhoria da oferta de boiadas não tem sido suficiente para pressionar de maneira efetiva o mercado, considerando São Paulo como referência. As pr...
Margens do produtor de soja ficarão mais apertadas com a quebra na safra 18 de janeiro de 2019 O clima desfavorável no mês de dezembro deve impedir um novo recorde na produção brasileira de soja e, com os preços em patamares mais baixos, os...
Pesquisas avaliam processos e características da carne maturada a seco 18 de janeiro de 2019 Acompanhando o que existe de novo no cenário externo e interno, pesquisadores da Embrapa Pecuária Sudeste estão iniciando estudos com a carne matur...


Foto: Divulgação
Equipe da Iagro que faz o trabalho de monitoramento no Pantanal