Notícias

Exportações de MS batem recorde histórico e chegam a US$ 5,3 bilhões

06 de dezembro de 2018

As exportações de Mato Grosso do Sul no acumulado de janeiro a novembro deste ano atingiram 5,336 bilhões de dólares, melhor resultado de toda a série histórica no Estado. O valor recorde supera o desempenho obtido em 2013, quando foram registrados 5,2 bilhões de dólares nas exportações de janeiro a dezembro daquele ano. Os dados estão na Carta de Conjuntura do Setor Externo do mês de novembro de 2018, elaborada pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar). 

O superávit na balança comercial – que é a diferença entre as exportações e importações do Estado – foi de 2,786 bilhões de dólares no acumulado de janeiro a novembro de 2018, cerca de 28% superior ao verificado no mesmo período de 2017. “Esse bom resultado deve-se a um melhor desempenho dos principais produtos de exportações como a soja (crescimento de 37,08%) e a celulose (crescimento de 66,06%). O algodão disparou 40% neste ano, por isso também surge com destaque na pauta, resultado da safra com recorde produtividade neste ano”, comentou o secretário Jaime Verruck, da Semagro.

De acordo com os dados do setor externo, a soja e a celulose atualmente representam cerca de 67% do total exportado em Mato Grosso do Sul, concentração superior à registrada no mesmo período de 2017, quando não ultrapassava 50%. “O mesmo está mesmo ocorrendo em relação ao destino das exportações, que chegaram a 48,67% despachados para a China, enquanto em 2017 eram 35%. Isso demonstra a importância do mercado chinês para o Estado, assim como a Argentina, que é o nosso segundo maior destino de exportações”, acrescentou o titular da Semagro.
 
Com relação às importações, houve um aumento de cerca de 9,93% de janeiro a novembro de 2018, na comparação com o mesmo período em 2017. Esse aumento deve-se sobretudo a maior importação de Petróleo, gás natural e serviços de apoio. Já o município sul-mato-grossense com melhor desempenho concentrando 50,94% das exportações foi Três Lagoas, principalmente por conta da celulose que representa 94,65%.

Fonte: Semagro
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Renda agropecuária de Mato Grosso do Sul deve subir aproximadamente 5% 13 de dezembro de 2018 O VBP – Valor Bruto de Produção – deve aumentar aproximadamente 5% em 2019. A previsão foi anunciada, nessa quarta-feira (12), pelo pre...
Programa Soja Plus intensificará atividades em Bonito, Jardim e Bodoquena 13 de dezembro de 2018 Agricultores da região de Jardim, Bonito e Bodoquena receberão reforços em suas propriedades com o Soja Plus, um programa de adesão gratuita, admi...
Iagro monitora Influenza Aviária e Doença de Newcastle no Estado 13 de dezembro de 2018 A Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) realiza o monitoramento anual da Doença de Newcastle e Influenza Aviária do Sítio...
Brasil antecipa meta de reduzir emissão de CO2 com a agropecuária sustentável 13 de dezembro de 2018 O Brasil mitigou entre 100,21 e 154,38 milhões de Mg CO2 equivalente (equivalência de dióxido de carbono) , no período de 2010 a 2018, alcançado ...
Expectativa de maior demanda dá firmeza ao mercado do boi 13 de dezembro de 2018 Com a expectativa de maior consumo de carne devido às festividades de final de ano, os frigoríficos buscam abastecer os estoques para atender a dema...
FPA e entidades do setor produtivo debatem desafios da agropecuária em 2019 13 de dezembro de 2018 O cenário da agropecuária e do Brasil para o próximo ano: desafios e perspectivas. Esse foi o tom do discurso no seminário Agro Cenário 2019, rea...
Preço do sebo bovino subiu 16,7% no segundo semestre 13 de dezembro de 2018 Apesar da demanda em alta, o preço do sebo bovino ficou estável na última semana. Segundo levantamento da Scot Consultoria, no Brasil Central, o pr...


Foto: Divulgação
a soja e a celulose atualmente representam cerca de 67% do total exportado em Mato Grosso do Sul