Notícias

“Sem invasões”: Tereza Cristina quer reformular política de reforma agrária

09 de novembro de 2018

Sem dar detalhes, a deputada federal Tereza Cristina (DEM) defendeu a reformulação da política de reforma agrária no Brasil durante coletiva de imprensa nesta sexta-feira (9).

 
Ela revelou ainda o desejo de ver o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) incorporado ao Ministério da Agricultura, que passa a ser comandado por ela em janeiro de 2019. “Porque assim, o ministério cuida tanto dos grandes produtores, quanto dos pequenos”.
 
A parlamentar e futura ministra também deixou claro diante de representantes de várias entidade ligadas ao agronegócio que o governo de Jair Bolsonaro (PSL) terá tolerância zero com as “invasões”. “O Bolsonaro vai ser duro. Não vai admitir invasões. Vai seguir o que a lei determina, mas sem titubear em relação a invasões, seja de sem-terra, indígenas ou qualquer outro tipo de invasão a propriedade privada”.
 
Tereza argumenta que a insegurança jurídica para produtores freia investimentos. Ela citou ainda que em Mato Grosso do Sul há 140 áreas considerada invadidas e que o conflito do campo afasta investidores estrangeiros.
 
“Nossa prioridade é a segurança jurídica no campo, para criar um ambiente de negócios favorável”.
 
Transição – A deputada revelou ainda que a partir da próxima semana terá reuniões com atual ministro da Agricultura, Blairo Maggi, para entender o “tamanho do ministério”. “A partir daí vamos fazer nossa proposta de quais pastas podem ser agregadas”.
 
Ao lado de Tereza Cristina, estava o presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Maurício Saito, o secretário de Estado de Governo, Eduardo Ridel, e o secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck.

Fonte: CGNews
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Quinta-feira será de pancadas de chuva na maior parte de Mato Grosso do Sul 21 de março de 2019 Nesta quinta-feira (21.3), o dia será de tempo instável na maior parte de Mato Grosso do Sul. Pancadas de chuva e trovoadas isoladas podem ser regis...
Ministra afirma em Nova York que agronegócio tem de investir em infraestrutura 21 de março de 2019 A ministra Tereza Cristina disse a investidores e executivos de grandes empresas, nesta quarta-feira (20), em Nova York, que a iniciativa privada ter...
Mercado do boi gordo segue firme em todas as praças do País 21 de março de 2019 Na última terça-feira (19/3), na maior parte das praças com alterações de preços da arroba do boi gordo, as variações foram para cima, mostran...
Secretaria de Agricultura Familiar recebe reivindicações da FPA para o Plano Safra 21 de março de 2019 O secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Mapa, Fernando Schwanke, recebeu nesta terça-feira (19) documento com reivindicações da F...
Senar/MS promove piscicultura sustentável 21 de março de 2019 Em comemoração ao dia mundial da água, 22 de março, a semana será dedicada a informações sobre piscicultura. Como vimos no ‘Mercado Agrop...
Lácteos: mercado fraco na primeira quinzena de março no atacado e no varejo 21 de março de 2019 O mercado atacadista de produtos lácteos fechou a primeira quinzena de março com ligeira queda. Na média de todos produtos pesquisados pela Scot Co...
EUA vão informar em 3 dias quando virão inspecionar frigoríficos do Brasil 21 de março de 2019 A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) disse nesta quarta-feira (20) que o secretário de Agricultura dos Estados Unidos,...


Foto: Leonardo Rocha
Tereza Cristina, deputada federal e futura ministra, durante coletiva na Famasul