Notícias

“Não houve conversa”, diz Heinze sobre ida para o Ministério da Agricultura

07 de novembro de 2018

O deputado federal Luiz Carlos Heinze (PP-RS) negou, nesta terça-feira (6/11), ter conversado com a equipe do novo governo para ocupar o ministério da Agricultura. Próximo de Jair Bolsonaro - tendo, inclusive, acompanhando o resultado da apuração do segundo turno das eleições na casa do presidente eleito, no Rio de Janeiro (RJ) - o parlamentar tem seu nome entre os cotados para assumir a pasta.

“Não houve conversa sobre ministério e não estou preocupado com isso. Tenho mandato”, disse Heinze, em conversa por telefone com a reportagem da Globo Rural. “Estão resolvendo internamente e não sei dizer se tem nome definido ou não”, acrescentou, referindo-se à equipe de transição.
 
Senador eleito e uma das principais lideranças ruralistas no Congresso, ele sinalizou assumir o mandato e reforçar a Frente Parlamentar Agropecuária (FPA) no Senado. Na próxima legislatura, a bancada não terá na Casa nomes de peso como Ana Amélia Lemos, Ronaldo Caiado e o atual ministro, Blairo Maggi.
 
Ainda assim, há quem não descarte a ida de Heinze para a Esplanada dos Ministérios, onde sucederia Maggi no primeiro escalão do governo Bolsonaro. “Tem chance, tem um vasto serviço prestado”, especula um político ligado ao agronegócio, sob a condição de anonimato.
 
Segundo ele, no entanto, se o novo ministro da Agricultura for indicado pelos ruralistas, será apenas depois de uma reunião com o presidente eleito. O deputado Valdir Colatto (MDB-SC), que não conseguiu um novo mandato na Câmara e diz acompanhar a discussão por “contatos com a bancada”, nega haver, neste momento, alguma sugestão.
 
É o que vem falando a própria presidente da Frente Parlamentar Agropecuária (FPA), deputada reeleita Teresa Cristina (DEM-MS). Segundo ela, as conversas sobre o novo ministro devem incluir a Frente Parlamentar, que apoiou publicamente a candidatura de Bolsonaro. Mas, segundo a deputada, a agenda do setor é mais importante que a indicação.

Fonte: Revista Globo Rural
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Blairo Maggi abre as portas do Mapa à futura ministra Tereza Cristina 16 de novembro de 2018 O atual ministro Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi, e a futura ministra, deputada Tereza Cristina, se reuniram durante 1h30,...
Iagro divulga novas regras para declaração do saldo de caprinos e ovinos 16 de novembro de 2018 Na última semana, a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) publicou as novas regras para declaração e ajuste de saldo de c...
Mercado do boi gordo resistindo às altas 16 de novembro de 2018 Mesmo com o feriado nesta quinta-feira (15/11) e o período de primeira quinzena do mês, fatores que normalmente resultam em aumento da demanda, até...
Escassez de oferta de gado deve puxar preço da @ em 2019 16 de novembro de 2018 Após um ano sem grandes oscilações, o preço da arroba deve voltar a subir no próximo ano, quando é esperado o início do ciclo de alta na pecuá...
Exportação de gado vivo perde força em outubro 16 de novembro de 2018 Levantamento do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços aponta que foram exportadas 57,16 mil cabeças de bovinos vivos em outubro, ...
Paraná: queda no poder de compra do recriador 16 de novembro de 2018 Os bons índices pluviométricos das últimas semanas estão garantindo a recuperação das pastagens no estado e estimularam o mercado de reposição...
Entreposto de pescado em Dois Irmãos do Buriti garante diversificação da economia 16 de novembro de 2018 Dois irmãos do Buriti vive um novo momento. Assim definiu o Secretario Jaime Verruck, titular da Semagro, durante a inauguração do Entreposto de Pe...


Foto: Divulgação
"Não houve conversa sobre Ministério", garante Luiz Carlos Heinze