Notícias

Maggi diz que Brasil vai reforçar barreiras contra peste suína

20 de setembro de 2018

O Ministro da Agricultura, Blairo Maggi, declarou que o Ministério da Agricultura (Mapa) orientou profissionais do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro), que fiscaliza as fronteiras em aeroportos e portos, para reforçar a inspeção de produtos originados de suínos vindos do exterior. A intenção é evitar que a peste suína africana e a peste suína clássica cheguem ao país, visto que um surto da doença ocorre na China, Rússia, Leste Europeu e partes da África.

 
O anúncio foi feito em um vídeo (veja mais abaixo) que está circulando nas redes sociais. “O Brasil não tem a presença dessa doença há muitos anos e temos que continuar a preservar o nosso território”, falou Maggi. Ele também pediu que produtores e turistas não tragam produtos suínos, principalmente os comestíveis, de outros países. 
 
“O Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa) foi orientado a olhar com mais cuidado os certificados de importação de parte de suínos”, acrescentou o ministro.
 
Maggi ainda destacou a atuação da Estação Quarentenária de Cananéia, no interior de São Paulo, que trabalha com a reprodução genética de porcos e está trabalhando para evitar a doença no Brasil.
 
O vírus da peste suína pode ficar incubado em alimentos frescos maturados por meses. Ele é transmitido entre suínos e javalis por meio do contato com animais ou alimentos contaminados. A doença não faz mal aos seres humanos, mas é mortal para os bichos, sendo que não há cura. A única maneira de romper com o ciclo da peste é o sacrifício dos animais. 

Fonte: Revista Globo Rural
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

China confirma tarifas de até 32,4% ao frango brasileiro 15 de fevereiro de 2019 A China confirmou nesta sexta-feira, 15 de fevereiro, a imposição de medidas antidumping sobre a importação de frango brasileiro. De acordo com an...
Marfrig realiza o primeiro embarque com destino ao Japão 15 de fevereiro de 2019 A Marfrig Global Foods, uma das companhias líderes globais em carne bovina, fez o primeiro embarque de produtos para o Japão por meio de suas unidad...
Tempo instável e temperaturas amenas fecham a semana em MS 15 de fevereiro de 2019 Sexta-feira (15.2) segue o rito das previsões do tempo registrada ao longo desta semana. Chuva, trovoadas, céu nublado e temperaturas amenas são es...
Marasmo no mercado do boi gordo continua em todas as praças 15 de fevereiro de 2019 Mercado do boi gordo sem grandes movimentações. No fechamento desta quarta-feira (13/2) praticamente não houve alteração nas referências.Frigor...
Cientistas desenvolvem metodologia para medir emissões de GEE na aquicultura 15 de fevereiro de 2019 Cientistas da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - Inpe, (São José dos Campos, SP) criaram um Mo...
JBS entra no lugar da Marfrig em parceria com a associação de Nelore 15 de fevereiro de 2019 A JBS, maior indústria bovina do Brasil, com 36 frigoríficos espalhados pelo País, assinou parceria com a Associação dos Criadores de Nelore do B...
Varejo: margem da carne bovina continua subindo no Brasil 15 de fevereiro de 2019 Em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Minas Gerais, na média de todos os cortes vendidos nos supermercados e nos açougues, os preços da carne bovin...


Foto: Rosalba Tarazona | CCommons
Peste suína não faz mal aos humanos, mas é mortal para os suínos