Notícias

ANTT vai ajustar tabela de fretes após alta do diesel

03 de setembro de 2018

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informou que irá ajustar a tabela de fretes por causa da variação do preço do óleo diesel. A agência deu a informação em nota divulgada na noite de sábado, 1º. 

 
De acordo com a ANTT, a Lei 13.703, de 2018, prevê que uma nova tabela com frete mínimo deve ser publicada quando houver oscilação superior a 10% no preço do óleo diesel no mercado nacional. A lei instituiu a Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas.
 
Desde a última sexta-feira (31), o preço médio do diesel nas refinarias da Petrobras subiu em 13,03%. Com o aumento, o preço passou de R$ 2,0316 para R$ 2,2964. É o primeiro rejauste desde junho, quando, em acordo com os caminhoneiros em greve, o governo congelou o preço do produto nas refinarias em R$ 2,0316 por litro.
 
O secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Felix, disse que o governo não deve atuar para conter a alta do preço do diesel, por falta de recursos para uma nova tentativa de estabilização dos valores.
 
Na semana passada, o Supremo Tribunal Federal (STF) realizou audiência pública sobre a tabela de frete, que foi contestada na Corte. Foram ouvidos representantes do setor produtivo e dos caminhoneiros, que apresentaram argumentos contra e a favor da tabela mínima do frete, criada em maio pelo governo via medida provisória e convertida em lei pelo Congresso, neste mês. Após a audiência pública, o ministro Luiz Fux afirmou que levará as três ações diretas de inconstitucionalidade (ADIs) sobre o assunto para análise diretamente no plenário da Corte.
 
No último dia 29, a ANTT também alertou que o descumprimento da cobrança do preço mínimo do frete pode implicar em multa. Na nota, a ANTT lembra que está em vigor resolução que trata do frete mínimo “até que se encerrem todos os trâmites administrativos necessários para a publicação de nova norma que trata dos pisos mínimos de frete”.

Fonte: Agência Brasil
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Blairo Maggi abre as portas do Mapa à futura ministra Tereza Cristina 16 de novembro de 2018 O atual ministro Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi, e a futura ministra, deputada Tereza Cristina, se reuniram durante 1h30,...
Iagro divulga novas regras para declaração do saldo de caprinos e ovinos 16 de novembro de 2018 Na última semana, a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) publicou as novas regras para declaração e ajuste de saldo de c...
Mercado do boi gordo resistindo às altas 16 de novembro de 2018 Mesmo com o feriado nesta quinta-feira (15/11) e o período de primeira quinzena do mês, fatores que normalmente resultam em aumento da demanda, até...
Escassez de oferta de gado deve puxar preço da @ em 2019 16 de novembro de 2018 Após um ano sem grandes oscilações, o preço da arroba deve voltar a subir no próximo ano, quando é esperado o início do ciclo de alta na pecuá...
Exportação de gado vivo perde força em outubro 16 de novembro de 2018 Levantamento do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços aponta que foram exportadas 57,16 mil cabeças de bovinos vivos em outubro, ...
Paraná: queda no poder de compra do recriador 16 de novembro de 2018 Os bons índices pluviométricos das últimas semanas estão garantindo a recuperação das pastagens no estado e estimularam o mercado de reposição...
Entreposto de pescado em Dois Irmãos do Buriti garante diversificação da economia 16 de novembro de 2018 Dois irmãos do Buriti vive um novo momento. Assim definiu o Secretario Jaime Verruck, titular da Semagro, durante a inauguração do Entreposto de Pe...


Foto: Reprodução
Desde a última sexta-feira (31), o preço médio do diesel nas refinarias da Petrobras subiu em 13,03%