Notícias

Acrissul apresenta abaixo-assinado que cobra subsídios à pecuária em Fórum Estadual

31 de agosto de 2018
Durante a realização do 1º Fórum Estadual do Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa, no dia 29 de agosto, o presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Jonatan Pereira Barbosa, fez uso da palavra para divulgar aos cerca de 200 presentes o conteúdo do abaixo-assinado que a entidade está fazendo para propor ao Poder Público, um programa de incentivos para a pecuária, fundamentado na concessão de subsídios.
 
O evento foi realizado pela Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), em parceria com o Governo do Estado de MS, por meio da Semagro, e a Superintendência Federal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
 
O abaixo -assinado é para coletar assinaturas que darão sustentação a uma proposta que será encaminhada ao Governo Federal, além de outros setores públicos, para que sejam concedidos subsídios à pecuária, como medida de compensação diante de toda a dificuldade enfrentada pela atividade, cujos custos e ônus são todos arcados pelos produtores rurais.
 
Segundo o presidente da Acrissul, Jonatan Pereira Barbosa, "não podemos mais aceitar ônus e demais repasses de despesas, a partir da compra de vacinas como as de campanha de combate à aftosa, dentre outras Estamos com enorme sobrecarga tributária sem que ao menos nos seja reconhecido tudo o que o setor tem feito à agropecuária, principalmente no equilíbrio da balança comercial".
 
Para finalizar e justificar a necessidade de novos incentivos e subsídios à pecuária, Jonatan lembra também que o Mato Grosso do Sul alcançou um nível de excelência na produção de carne bovina. “Todo mundo quer a carne de Mato Grosso do Sul, considerada a melhor do Brasil, mas ninguém quer pagar o preço que ela realmente vale”, pondera.
 
Em resposta o diretor do Departamento de Saúde Animal do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Guilherme Marques, manifestou-se prontamente aos presentes que para 2019 já aguarda-se uma sensível redução nos custos de vacinação contra a febre aftosa, uma vez que está mantida a determinação para que a dose seja reduzida de 5cc para 2cc por animal.
 
O abaixo-assinado está disponível na secretaria da Acrissul para assinaturas.
 

Fonte: Acrissul | Assessoria de Imprensa
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Boi gordo: maior preço nominal desde dezembro de 2016 21 de setembro de 2018 As altas consecutivas da cotação da arroba do boi gordo continuam e no fechamento da última quinta-feira (20/9) em sete praças pecuárias o preço...
Inmet prevê episódio de El Niño no fim da primavera 21 de setembro de 2018 A Primavera começa no próximo sábado (22), às 22h53 e termina no dia 21 de dezembro, às 20h22 (início horário de verão). Os principais centros...
Bill Gates financia o desenvolvimento de nova vacina contra febre aftosa 20 de setembro de 2018 O Instituto Pirbright, do Reino Unido, anunciou que recebeu uma doação de 2,1 milhões de libras (2,7 milhões de dólares) da Fundação Bill e Mel...
Holanda é a segunda maior exportadora do agronegócio 20 de setembro de 2018 A Holanda é a segunda maior exportadora do agronegócio mundial, exportando US$ 110 bilhões por ano, atrás apenas dos Estados Unidos e à frente do...
De olho no abate de fêmeas 20 de setembro de 2018 O mercado de reposição segue sua trajetória de alta e as cotações já acumulam valorização de 2,1% desde o início de julho.Na comparação sem...
Falta boi e preço sobe 20 de setembro de 2018 A expectativa era de que os preços do boi perdessem força à medida que o fim do mês se aproxima, mas indo na contramão, o mercado fechou está qu...
Maggi diz que Brasil vai reforçar barreiras contra peste suína 20 de setembro de 2018 O Ministro da Agricultura, Blairo Maggi, declarou que o Ministério da Agricultura (Mapa) orientou profissionais do Sistema de Vigilância Agropecuár...


Foto: Divulgação | Sistema Famasul
Fórum Estadual do Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa reuniu lideranças públicas e ruralistas do setor a