Notícias

Preço do leite sobe em julho pelo 6º mês seguido e atinge recorde real para o período

10 de agosto de 2018

O preço do leite recebido por produtores subiu em julho pelo sexto mês consecutivo e atingiu recorde real para o mês, de acordo com pesquisas do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP. Já quando considerados todos os meses da série histórica, a média de julho é a maior desde outubro de 2016, também em termos reais (valores foram deflacionados pelo IPCA de jun/18).  

 
O valor líquido recebido em julho (referente à captação de junho) fechou a R$ 1,4781/litro na “Média Brasil” (inclui BA, GO, MG, SP, PR, SC e RS e não contém frete e impostos), aumento de 14% em relação ao mês anterior. Desde o início do ano, a alta acumulada real é de expressivos 44%. Na comparação com julho/17, houve elevação de 15%, em termos reais. A média deste mês está abaixo da de outubro/16, quando foi de R$ 1,4817/litro.
 
A expressiva alta em julho esteve atrelada à paralisação dos caminhoneiros, ocorrida no final de maio, e à tentativa do setor em normalizar suas atividades no pós-greve. Desabastecidos, os laticínios acirraram a competição para a compra de leite no campo no correr de junho, com o objetivo de recompor estoques. Além disso, o avanço da entressafra no Sudeste e no Centro-Oeste e o “atraso” das pastagens de inverno no Sul do País seguiram limitando a captação em junho, influenciando a formação dos preços ao produtor em julho.
 
A valorização da matéria-prima também se refletiu em aumento das cotações dos derivados lácteos em junho. No entanto, em julho, o movimento altista não se sustentou. No acumulado da primeira quinzena de julho, o preço do UHT (leite longa vida) caiu 1,32% e, na segunda metade do mês (dados até 27/07), 9,4%, indicando a dificuldade do consumidor em absorver novas altas. Para agentes do setor, a queda dos preços reflete um novo equilíbrio do mercado, com a normalização dos estoques e com as cotações retornando a patamares condizentes com a demanda – ainda fragilizada por conta da estagnação econômica. 
 
Neste momento, é importante ficar atento aos preços do leite spot. Durante a primeira quinzena de julho, os valores em Minas Gerais subiram 28,1% em relação ao mês anterior, mas, na segunda metade do mês, houve queda de 6,6%, o que mostra que empresas têm tido dificuldades em manter o ritmo de valorização do leite no campo. 

O que esperar para agosto 
De acordo com agentes do setor, a oferta deve seguir limitada, fundamentados no clima adverso e no encarecimento dos grãos, o que deve impedir a mudança de tendência no mercado. Assim, a maioria dos colaboradores entrevistados pelo Cepea acredita em uma nova alta para o próximo mês. No entanto, uma parte dos colaboradores acredita em estabilidade nos valores em agosto, devido a dificuldades de consumidores em absorver novas valorizações dos lácteos.
 

Fonte: Cepea
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Monitoramento ambiental e social de 15 mil pecuaristas garante conformidade da cadeia da carne para 19 de outubro de 2018 O Brasil vigora entre os maiores produtores e exportadores de carne bovina do mundo e seus consumidores estão de olho nesse mercado. A cobrança por ...
Valor da Produção Agropecuária é de R$ 574,25 bilhões 19 de outubro de 2018 O montante obtido para as lavouras e pecuária, com dados de setembro, foi avaliado em R$ 574,25 bilhões, 2,7% abaixo do ano passado, que foi de R$ 5...
Programa busca startups de agro focadas em Internet das Coisas (IoT) 19 de outubro de 2018 Empreendedores que possuem startups de agronegócio e que trabalham com Internet das Coisas (IoT) podem se inscrever no Agro IoT Lab 2018, programa de...
São Paulo tem maior produtividade de carne por animal 19 de outubro de 2018 Ainda que São Paulo não concentre o maior rebanho brasileiro, o Estado registra a produtividade mais elevada do País, seguida por Mato Grosso, o ma...
Preços da arroba do boi gordo cedendo em todas as praças do País 19 de outubro de 2018 Mercado do boi gordo trabalhando com viés de baixa. O aumento da oferta de gado confinado e o dólar perdendo força abrem espaço para que os frigor...
Ação participativa auxilia no cuidado com o solo em Uganda 19 de outubro de 2018 Um grupo de pesquisadores da Embrapa esteve no estado de Mbale, Uganda, por três semanas nos meses de setembro e outubro a fim de compartilhar a ferr...
Embrapa Gado de Leite incentiva ideias inovadoras para cadeia do leite 19 de outubro de 2018 Tem ideias inovadoras para a cadeia do leite? Inscreva-se para o Desafio de Startups, do projeto Ideas For Milk, da Embrapa. Empreendedores, estudante...


Foto: Arte | Cepea