Notícias

Abiove critica lei do tabelamento do frete

10 de agosto de 2018

A Associação Brasileira das indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) considera que a sanção da lei 13.703/18, que impõe o tabelamento do frete rodoviário em todo o Brasil, é um retrocesso a políticas abandonadas pelo país nos anos 1990. A lei sancionada pelo presidente Michel Temer foi publicada na edição do Diário Oficial da União desta quinta-feira (9/8).

 
Na opinião da Abiove, a lei é “uma medida anti-competição, que fere o livre mercado, pilar central da Constituição Brasileira, ter se tornado lei é um contrassenso de grandes proporções e um grave precedente para o País. Apresentado como solução após a greve dos caminhoneiros, esse tabelamento na verdade representa um enorme problema para toda a sociedade brasileira”.
 
Segundo a Abiove, os primeiros cálculos apontam que o tabelamento acarreta alta de custos da ordem de R$ 73,9 bilhões sobre o conjunto da economia, valor superior ao investimento anual do País em infraestrutura. ”Esse montante representa a receita que aumenta para os transportadores e caminhoneiros, que será paga por toda a sociedade brasileira, em especial as pessoas de mais baixa renda.”
 
A Abiove prevê que o tabelamento do frete vai provocar ainda elevação na inflação (cerca de 0,92 ponto porcentual) para o ano e reduzir a massa salarial real em R$ 20,7 bilhões, impactando o PIB e as exportações.
 
A entidade lembra que está buscando junto ao Poder Judiciário, em especial junto ao Supremo Tribunal Federal, manifestação rápida para solução do problema.

Fonte: Redação Globo Rural
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Baixa liquidez mantém mercado do boi com preços andando de lado 19 de julho de 2019 O mercado do boi gordo em São Paulo está enfraquecido e com poucos negócios concretizados. Nos patamares atuais de preços os pecuaristas ficam mai...
Selo agrega valor e permite acessar grandes mercados, destacou Tereza Cristina 19 de julho de 2019 Em discurso na solenidade de 200 dias do governo Bolsonaro, a ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) comemorou a assinatura...
Demanda baixa mantém mercado do sebo pressionado 19 de julho de 2019 Apesar das recentes altas do óleo de soja (utilizado na produção de biodiesel) o mercado de sebo segue com os preços frouxos. No Brasil Centr...
Senar divulga agenda com programações no maior evento científico da América Latina 19 de julho de 2019 O Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural estará presente na 71ª Reunião Anual da SBPC – Sociedade Brasileira para o Pro...
Regulamentação do Selo Arte é sonho antigo de produtores de queijo artesanal 19 de julho de 2019 A regulamentação do Selo Arte “é o sonho dos nossos antepassados se concretizando”. Assim define a produtora Maria Lucilha de Faria, de...
Fomento ao cooperativismo em MS atrai investimentos e dá competitividade ao produtor rural 19 de julho de 2019 A ação do Governo do Estado, realizada por meio da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Famili...
Iagro abre três turmas para curso da Resenha Virtual de Equídeos de MS 19 de julho de 2019 Estão abertas as inscrições para o treinamento de médicos veterinários interessados em aprender a operar o aplicativo “Resenha Virtual de E...