Notícias

Produtores de milho já colheram 44,5% da área plantada em MS

10 de agosto de 2018

A colheita do milho safrinha chegou a 44,5% dos 1,7 milhão de hectares cultivados na atual safra em Mato Grosso do Sul. Os dados são do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio – Siga MS e foram compilados pela Associação de Produtores de Soja – Aprosoja/MS. O percentual de área colhida é 13,7% inferior em relação ao mesmo período na safra passada. Até o momento estima-se que tenham sido colhidos 739.811 hectares.

A região Norte é a mais avançada, com média de 76,8% da área colhida e destaque para o município de Alcinópolis que já finalizou a colheita, enquanto que Chapadão do Sul e Costa Rica se aproximam dos 90%. Na região central do Estado foram colhidos apenas 39,6% da área, sendo Jaraguari e Terenos os dois únicos municípios que chegaram aos 60% do total.
 
Já na região mais produtora de MS, Sul, o percentual de colheita é o menor, com 36,4%. Entre os municípios desta região, Itaporã se destaca por chegar aos 80% da área, enquanto que Maracaju e Naviraí estão próximos dos 50%.
 
Presidente da Aprosoja/MS, Juliano Schmaedecke, explica que a região Norte está dentro da normalidade de colheita, porém na área Sul e Centro segue prejudicada, com quebras de safra. “A estiagem transformou 2018 em um ano atípico, o que também já está refletindo no preço. Há um ano atrás o milho era vendido a média de R$ 15, e agora, entre R$ 29 e R$ 30, quase o dobro, reduzindo um pouco do prejuízo de alguns produtores”.
 
A partir das informações captadas pela ferramenta de monitoramento do Sistema Famasul e da Aprosoja/MS, a Associação reduziu em 23,31% a expectativa de produção em relação à safra passada, caindo e 9,8 milhões de toneladas na safra 2016/2017 para 6,936 milhões de toneladas no ciclo atual. Também houve redução da área plantada em aproximadamente 8,21%, passando de 1,8 milhão para 1,7 milhão de hectares.

Fonte: Famasul
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

China confirma tarifas de até 32,4% ao frango brasileiro 15 de fevereiro de 2019 A China confirmou nesta sexta-feira, 15 de fevereiro, a imposição de medidas antidumping sobre a importação de frango brasileiro. De acordo com an...
Marfrig realiza o primeiro embarque com destino ao Japão 15 de fevereiro de 2019 A Marfrig Global Foods, uma das companhias líderes globais em carne bovina, fez o primeiro embarque de produtos para o Japão por meio de suas unidad...
Tempo instável e temperaturas amenas fecham a semana em MS 15 de fevereiro de 2019 Sexta-feira (15.2) segue o rito das previsões do tempo registrada ao longo desta semana. Chuva, trovoadas, céu nublado e temperaturas amenas são es...
Marasmo no mercado do boi gordo continua em todas as praças 15 de fevereiro de 2019 Mercado do boi gordo sem grandes movimentações. No fechamento desta quarta-feira (13/2) praticamente não houve alteração nas referências.Frigor...
Cientistas desenvolvem metodologia para medir emissões de GEE na aquicultura 15 de fevereiro de 2019 Cientistas da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - Inpe, (São José dos Campos, SP) criaram um Mo...
JBS entra no lugar da Marfrig em parceria com a associação de Nelore 15 de fevereiro de 2019 A JBS, maior indústria bovina do Brasil, com 36 frigoríficos espalhados pelo País, assinou parceria com a Associação dos Criadores de Nelore do B...
Varejo: margem da carne bovina continua subindo no Brasil 15 de fevereiro de 2019 Em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Minas Gerais, na média de todos os cortes vendidos nos supermercados e nos açougues, os preços da carne bovin...


Foto: Divulgação
A região norte está dentro da normalidade de colheita, porém na área sul e Centro segue prejudicada, com quebras de safra