Notícias

Pecuária precisa de subsídios oficiais para se recuperar, afirma Acrissul

04 de julho de 2018
O presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Jonatan Pereira Barbosa, tem feito sucessivas consultas à diretoria e associados da entidade, no sentido de lançar um movimento de ajuda à pecuária local, através de novos programas de incentivos e também através de subsídios, pelos governos estadual e federal.
 
Para o presidente, o "subsídio da carne" seria uma forma de compensar parte dos prejuízos sofridos pelos produtores com as constantes oscilações (para baixo) do preço da arroba do boi, uma vez que esse desgaste se propaga em cadeia para todo o mercado do gado, alcançando todas as eras e raças.
 
Na avaliação do ruralista, se continuar essa situação – de depreciação do gado – por mais um ou dois trimestres, sem que nada seja feito para combatê-la, daí para frente será tarde para reverter o processo.
 
Na régua da Acrissul, o valor da arroba do boi gordo já caiu de R$ 133,00 (em média) em janeiro deste ano para R$ 128,00 (fechamento de junho), uma retração de 4%. Jonatan Barbosa lembra que em janeiro do ano passado, antes da Operação Carne Fraca, a arroba do boi gordo em Mato Grosso do Sul estava cotada em R$ 136,00 em média. 
 
"De lá para cá, junta-se a isto – à Operação Carne Fraca – a decisão do Supremo Tribunal Federal de legalizar a cobrança do Funrural, a delação premiada dos Irmãos Batista  e a suspensão da importação por alguns mercado importantes, como a Rússia, só empurrou para baixo o valor da arroba e com poucos movimentos de recuperação", historia o ruralista.
 
Para finalizar e justificar a necessidade de novos incentivos e subsídios à pecuária, Jonatan lembra também que o Mato Grosso do Sul alcançou um nível de excelência na produção de carne bovina. "Todo mundo quer a carne de Mato Grosso do Sul, considerada a melhor do Brasil, mas ninguém quer pagar o preço que ela realmente vale", pondera.
 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Acrissul
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Baixa liquidez mantém mercado do boi com preços andando de lado 19 de julho de 2019 O mercado do boi gordo em São Paulo está enfraquecido e com poucos negócios concretizados. Nos patamares atuais de preços os pecuaristas ficam mai...
Selo agrega valor e permite acessar grandes mercados, destacou Tereza Cristina 19 de julho de 2019 Em discurso na solenidade de 200 dias do governo Bolsonaro, a ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) comemorou a assinatura...
Demanda baixa mantém mercado do sebo pressionado 19 de julho de 2019 Apesar das recentes altas do óleo de soja (utilizado na produção de biodiesel) o mercado de sebo segue com os preços frouxos. No Brasil Centr...
Senar divulga agenda com programações no maior evento científico da América Latina 19 de julho de 2019 O Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural estará presente na 71ª Reunião Anual da SBPC – Sociedade Brasileira para o Pro...
Regulamentação do Selo Arte é sonho antigo de produtores de queijo artesanal 19 de julho de 2019 A regulamentação do Selo Arte “é o sonho dos nossos antepassados se concretizando”. Assim define a produtora Maria Lucilha de Faria, de...
Fomento ao cooperativismo em MS atrai investimentos e dá competitividade ao produtor rural 19 de julho de 2019 A ação do Governo do Estado, realizada por meio da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Famili...
Iagro abre três turmas para curso da Resenha Virtual de Equídeos de MS 19 de julho de 2019 Estão abertas as inscrições para o treinamento de médicos veterinários interessados em aprender a operar o aplicativo “Resenha Virtual de E...


Foto: Divulgação | Acrissul
Para Jonatan Barbosa, presidente da Acrissul, todo mundo quer a carne de MS, mas ninguém quer pagar o preço que ela vale