Notícias

Governo faz a maior entrega de equipamentos da história da agricultura familiar de MS

11 de junho de 2018

O Governo do Estado realizar nesta segunda-feira (11.6), a maior entrega de equipamentos da história da agricultura familiar do Mato Grosso do Sul. Foram investidos R$ 12 milhões em recursos advindos de emendas parlamentares e convênios com o Governo Federal. A solenidade de repasse dos maquinários acontece pelo governador Reinaldo Azambuja, às 10 horas, no Cepaer (Centro de Pesquisa e Capacitação da Agraer), que fica situado na saída para Rochedo, na Rodovia MS 080, km 10, próximo ao Departamento estadual de Trânsito (Detran-MS).

 
Ao todo, 567 equipamentos serão entregues sendo 95 tratores, 96 grades aradoras, 87 grades niveladoras, 86 calcareadeiras, 80 rotoencanteiradores, 79 pás carregadeiras, 6 roçadeiras, 5 ensiladeiras, 13 carretinhas e 20 resfriadores com capacidade de mil litros cada.
 
Outro objetivo da ação é estruturar mais e melhor o trabalho de Ater – Assistência Técnica e Extensão Rural, da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), instituição vinculada ao Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).
 
Isso porque a mecanização do campo traz mais agilidade nas atividades rurais, reduz o tempo de trabalho dentro de hortas e áreas de pastagens e, ainda, fornece mais ferramentas para que os agentes de Ater, servidores da Agraer, terem melhores condições para repassar conhecimentos técnicos aos agricultores familiares.
 
Além do governador Reinaldo Azambuja também prestigiarão o evento o diretor-presidente da Agraer, André Nogueira, e o secretário da Semagro, Jaime Verruck. É esperada a presença de deputados estaduais e federais, senadores, prefeitos das cidades beneficiadas e agricultores familiares.
 
Os recursos são oriundos de emendas parlamentares de oito deputados federais e de três senadores, de recursos do próprio Governo do Estado e de propostas voluntárias da Sead – Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento, Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Sudeco (Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste).

Fonte: Aline Lira | Agraer MS
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Receita Federal institui o Livro de Caixa Digital do Produtor Rural 11 de dezembro de 2018 No último dia 28 de novembro de 2018, a Secretaria da Receita Federal do Brasil por meio da Instrução Normativa RFB nº 1.848, instituiu o Livr...
Produção em alta pressiona para baixo os preços do leite ao produtor 11 de dezembro de 2018 Em outubro, a produção de leite registrou o maior incremento este ano. Considerando a média nacional, o aumento foi de 3,9% na captação, na compa...
Nelore Fest celebra em São Paulo a raça bovina mais populosa do País 11 de dezembro de 2018 A grande festa anual dos criadores de gado da raça nelore acontece dia 17 deste mês, a partir das 19h, na casa de eventos Villa Vérico, na Vila Ol...
Conab prevê que produção de milho deverá ser maior em 2019 11 de dezembro de 2018 Levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) aponta que a produção brasileira de milho poderá chegar a 90,95 milhões de toneladas e...
CNT posiciona-se contra greve de caminhoneiros e é a favor do livre mercado 11 de dezembro de 2018 A Confederação Nacional do Transporte (CNT) divulgou nota nesta segunda-feira (10/12) na qual se posiciona contra a greve de caminhoneiros e reafirm...
Alta de preços da arroba do boi gordo na primeira semana de dezembro 11 de dezembro de 2018 A última sexta-feira (7/12) foi de poucos negócios no mercado do boi gordo. Apesar disso, as cotações ficaram firmes e houve altas de preços em q...
Maiores preços do ano no atacado de carne bovina sem osso 11 de dezembro de 2018 O preço da carne sem osso vendida pelos frigoríficos acumula alta de 5,5% desde o início de novembro, ou seja, são cinco semanas seguidas de ajust...


Foto: Edemir Rodrigues
A mecanização do campo traz mais agilidade nas atividades rurais, além de reduzir o tempo de trabalho dentro de hortas e áreas de pastagens