Notícias

Comissão de Silvicultura da CNA debate temas relevantes do setor florestal

17 de maio de 2018

Os representantes da Comissão Nacional de Silvicultura e Agrossilvicultura da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) se reuniram nesta terça (16) para discutir as ações dos próximos meses. O Plano Nacional de Recuperação de Vegetação Nativa (Planaveg) foi um dos temas tratados. De acordo com o presidente da Comissão, Walter Rezende, a proposta é buscar maior representatividade junto à gestão do Plano para que as responsabilidades sejam compartilhadas e não fiquem apenas nas mãos dos produtores rurais.

“Nós precisamos estar próximos da Comissão Nacional para Recuperação da Vegetação Nativa (Conaveg), para que o setor produtivo seja representado. O Plano estabelece muitas responsabilidades e nós não podemos deixar que todas elas sejam atribuídas aos produtores rurais”, disse Walter. O núcleo de execução da borracha natural também foi assunto de discussão da reunião. O assessor técnico da CNA, Maciel Silva, afirmou que a ideia é criar uma agenda estratégica para aumentar a competividade da cadeia produtiva da borracha.
 
“Nós entendemos que o setor passa por dificuldades e precisa da união dos elos da cadeia produtiva, da assistência técnica e do governo para que as ações sejam propostas. Com esse objetivo, o Núcleo de Execução foi criado”. Por fim, a Comissão debateu a produção de energia a partir da biomassa florestal e a comercialização dessa energia por meio dos leilões públicos. Os principais entraves enfrentados para participação da biomassa nos leilões e a proposição de ações a serem executadas para solucioná-los foram apresentados.
 
“Com um forte empenho da CNA, a biomassa florestal foi incluída entre as fontes de energia do Plano de Decenal de Expansão de Energia (PDE). No entanto, a biomassa tem enfrentado dificuldades para concorrer com outras fontes de energia nos leilões e foi com foco na solução dessas dificuldades que nos reunimos novamente”, concluiu Maciel.

Fonte: CNA
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

China confirma tarifas de até 32,4% ao frango brasileiro 15 de fevereiro de 2019 A China confirmou nesta sexta-feira, 15 de fevereiro, a imposição de medidas antidumping sobre a importação de frango brasileiro. De acordo com an...
Marfrig realiza o primeiro embarque com destino ao Japão 15 de fevereiro de 2019 A Marfrig Global Foods, uma das companhias líderes globais em carne bovina, fez o primeiro embarque de produtos para o Japão por meio de suas unidad...
Tempo instável e temperaturas amenas fecham a semana em MS 15 de fevereiro de 2019 Sexta-feira (15.2) segue o rito das previsões do tempo registrada ao longo desta semana. Chuva, trovoadas, céu nublado e temperaturas amenas são es...
Marasmo no mercado do boi gordo continua em todas as praças 15 de fevereiro de 2019 Mercado do boi gordo sem grandes movimentações. No fechamento desta quarta-feira (13/2) praticamente não houve alteração nas referências.Frigor...
Cientistas desenvolvem metodologia para medir emissões de GEE na aquicultura 15 de fevereiro de 2019 Cientistas da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - Inpe, (São José dos Campos, SP) criaram um Mo...
JBS entra no lugar da Marfrig em parceria com a associação de Nelore 15 de fevereiro de 2019 A JBS, maior indústria bovina do Brasil, com 36 frigoríficos espalhados pelo País, assinou parceria com a Associação dos Criadores de Nelore do B...
Varejo: margem da carne bovina continua subindo no Brasil 15 de fevereiro de 2019 Em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Minas Gerais, na média de todos os cortes vendidos nos supermercados e nos açougues, os preços da carne bovin...


Foto: Divulgação