Notícias

Abate de bovinos cresce 1,4% no 1º trimestre, na comparação anual

10 de maio de 2018

O Brasil teve 7,5 milhões de cabeças de bovinos abatidas sob algum tipo de serviço de inspeção sanitária no primeiro trimestre do ano. O volume foi 1,4% maior que o registrado em igual trimestre de 2017 e indica queda de 6,9% em relação ao trimestre imediatamente anterior.

Os dados são das Pesquisas Trimestrais do Abate de Animais, divulgadas nesta quarta-feira, 9, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o instituto, a produção de 1,83 milhões de toneladas de carcaças bovinas no 1º trimestre de 2018 recuou 10% em relação ao 4º trimestre de 2017 e subiu 1,8% quando comparada ao desempenho registrado no 1º trimestre de 2017. 
 
Suínos
 
O Brasil registrou em abate de 10,53 milhões de cabeças de suínos no primeiro trimestre do ano, queda de 4,7% em relação ao trimestre imediatamente anterior, disse o IBGE. Entretanto, na comparação com o mesmo trimestre de 2017, houve alta de 0,5%.
 
O peso acumulado das carcaças alcançou 938,96 mil toneladas, no 1º trimestre de 2018, representando queda de 4,7% em relação ao trimestre imediatamente anterior e aumento de 4,3% em relação ao mesmo período de 2017.
 
Couro
 
Os curtumes brasileiros receberam 8,46 milhões de peças inteiras de couro cru de bovino no primeiro trimestre deste ano, 3,3% a menos do que o registrado no trimestre imediatamente anterior. Na comparação com igual período do ano passado, a alta foi de 1,4%. Os dados também são do IBGE. O levantamento inclui apenas os estabelecimentos que efetuam curtimento de pelo menos 5.000 unidades inteiras de couro cru bovino por ano.
 
A partir desta quarta, o IBGE passa a divulgar os primeiros resultados das pesquisas trimestrais da pecuária, possibilitando acesso mais rápido às informações da conjuntura agropecuária. Esses resultados são preliminares e somente para Brasil, sem desagregações por unidades da federação. Os primeiros resultados estarão disponíveis cerca de um mês antes da divulgação definitiva, e podem sofrer alterações nas divulgações seguintes.

Fonte: Revista Globo Rural
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Custos de produção de frango e suíno caíram em outubro, segundo a Embrapa 21 de novembro de 2018 Os custos de produção de suínos e de frangos de corte caíram em outubro de acordo com a Central de Inteligência de Aves e Suínos da Empresa Bras...
Ciência brasileira decifra genes da qualidade da carne 21 de novembro de 2018 O Brasil deu um passo pioneiro no estudo de genética na pecuária. Pesquisadores da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP), de Pi...
Alta de preço do tomate é destaque entre hortaliças em outubro 21 de novembro de 2018 Os preços das principais hortaliças tiveram alta em outubro no atacado, com exceção da cenoura. Os destaques foram o aumento do preço do tomate, ...
FDA e USDA vão supervisionar carne feita a partir de células 21 de novembro de 2018 A Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA) e o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) chegaram a um acordo para supervisionar ...
Programa irá estimular ILPF entre pequenos produtores 21 de novembro de 2018 Na última semana, a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) sediou um encontro entre diversas entidades relacionadas ao setor agropecuá...
Parlamentares da FPA recebem o futuro ministro das Relações Exteriores 21 de novembro de 2018 A presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputada Tereza Cristina (DEM/MS), e demais membros da bancada receberam o futuro ministro ...
Produtores rurais com alto desempenho serão premiados em Seminário 21 de novembro de 2018 Pela segunda vez, Mato Grosso do Sul será sede para o Seminário Soja Plus Brasil, evento organizado pelo Sistema Famasul – Federação da Agri...


Foto: Arquivo