Notícias

Só contrabando justifica arroba do boi no Paraguai ser mais valorizada que em MS

09 de maio de 2018
A Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), através de seu presidente Jonatan Pereira Barbosa, está empenhada em elucidar um mistério e buscar uma justificativa plausível para o fato de que enquanto a arroba do boi gordo em Mato Grosso do Sul está variando entre R$ 130,00 e R$ 132,00, no Paraguai a arroba do boi está no patamar dos R$ 165,00. Para Jonatan, a única justificativa é que animais comprados em MS estão sendo abatidos e contrabandeados para o País vizinho.
 
Segundo o presidente da Acrissul, que está acompanhando pesquisas feitas pela Iagro e pela Semagro MS, já houve a interdição de um frigorífico em Concepción, no lado paraguaio. E as suspeitas recaem sobre uma outra planta em Pedro Juan Caballero (Paraguai), que inclusive estaria sendo vendida para um grupo brasileiro. 
 
"Existem 23 mil arrobas andando em carretas sem documento por estradas sul-mato-grossenses prontas para desembarcar em Pedro Juan Caballero e de lá a carne é vendida para outras localidades dentro do Paraguai. E a R$ 165,00 a arroba", levanta Jonatan.
 
A movimentação já começa inclusive a incomodar também o vizinho Estado do Mato Grosso, hoje detentor do maior rebanho bovino de corte do Brasil. Por aqui a Acrissul vai continuar vigilante e empenhada em recuperar o mercado sul-mato-grossense, que vem sofrendo desde o ano passado com uma sequência de fatores adversos, como a Operação Carne Fraca, a volta do Funrural e os escândalos envolvendo a delação premiada dos Irmãos Batista, donos do Grupo JBS, que inclusive opera no Paraguai.
 
Jonatan Barbosa lembra que Mato Grosso do Sul é considerado o Estado com a melhor carne bovina do Brasil, resultado de décadas de investimentos dos produtores em manejo nutricional e sanitário, em recuperação de pastagens, em melhoramento genético e em boas práticas agropecuárias, o que capacitou o setor a produzir uma carne que é exportada para o mundo todo, atendendo aos mais exigentes mercados.

Fonte: Acrissul
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Boi gordo: maior preço nominal desde dezembro de 2016 21 de setembro de 2018 As altas consecutivas da cotação da arroba do boi gordo continuam e no fechamento da última quinta-feira (20/9) em sete praças pecuárias o preço...
Inmet prevê episódio de El Niño no fim da primavera 21 de setembro de 2018 A Primavera começa no próximo sábado (22), às 22h53 e termina no dia 21 de dezembro, às 20h22 (início horário de verão). Os principais centros...
Bill Gates financia o desenvolvimento de nova vacina contra febre aftosa 20 de setembro de 2018 O Instituto Pirbright, do Reino Unido, anunciou que recebeu uma doação de 2,1 milhões de libras (2,7 milhões de dólares) da Fundação Bill e Mel...
Holanda é a segunda maior exportadora do agronegócio 20 de setembro de 2018 A Holanda é a segunda maior exportadora do agronegócio mundial, exportando US$ 110 bilhões por ano, atrás apenas dos Estados Unidos e à frente do...
De olho no abate de fêmeas 20 de setembro de 2018 O mercado de reposição segue sua trajetória de alta e as cotações já acumulam valorização de 2,1% desde o início de julho.Na comparação sem...
Falta boi e preço sobe 20 de setembro de 2018 A expectativa era de que os preços do boi perdessem força à medida que o fim do mês se aproxima, mas indo na contramão, o mercado fechou está qu...
Maggi diz que Brasil vai reforçar barreiras contra peste suína 20 de setembro de 2018 O Ministro da Agricultura, Blairo Maggi, declarou que o Ministério da Agricultura (Mapa) orientou profissionais do Sistema de Vigilância Agropecuár...