Notícias

Selo racial e estrutura marcam passaporte do cavalo crioulo na Expogrande

15 de abril de 2018

Uma das paradas do Cavalo Crioulo neste final de semana, de 12 a 14 de abril, foi a capital do Mato Grosso do Sul: Campo Grande – cidade localizada mais de 1.500 km de distância da sede da Associação Brasileira, em Pelotas (RS). Com 73 animais confirmados na admissão técnica e muitas informações para trocar com os criadores da região, as atividades começaram pela Mesa Redonda promovida pela Comissão Jovem da ABCCC e finalizaram com a entrega de prêmios aos melhores da seletiva.

A mostra morfológica levou todos ao Parque da Expogrande, que abre portas à passaporte em suas edições. Ao entrarem em pista, as éguas competidoras mostraram uma grande homogeneidade nas filas. Diferente dos machos, que apresentaram características distintas. No entanto, o jurado Lauro Martins, convidado a decidir quem seriam as quatro fêmeas e quatro machos passaporteados à Morfologia da Expointer, ressaltou que selo racial e estrutura não faltaram.
 
Ainda assim, o que mais lhe chamou a atenção foram as potrancas menores e a potranca maior, que veio a ser escolhida à Melhor Exemplar da Raça, Hembra Linda do Mako - égua de propriedade da Cabanha Don Diló, localizada no Rio de Janeiro. Além da colorada, a Cabanha ainda comemorou a vitória de mais uma Crioula com vaga garantida na Expointer: Ramon Zarzuela, com o título de 4 Melhor Macho. Emocionado, o proprietário André Machado não quis se manifestar. Afinal, era hora de levantar os prêmios para o alto e seguir o trabalho excelente cultivado até agora.
 
Nos machos, a conformação de Farrapo II do Barrozo foi o que o trouxe a puxar a fila – resultado que agradou muito um de seus proprietários, Adolpho de Carvalho, que já tem muitos planos para o animal. “O Farrapo é um cavalo que sempre nos trouxe muita alegria. Ele já foi minha sela para cavalgadas de longas distâncias e quando se mostrou um bom cavalo para os nossos usos, resolvemos então fazer a preparação morfológica, que já tem dois anos. E, depois disso, se andarmos bem, vamos testá-lo funcionalmente para, depois dessa longa jornada, colher os frutos de seus produtos ” contou.
 
Para o analista de expansão, Lucas Lau, que acompanha de perto a trajetória da raça e dos que criadores que a cultivam, há uma evolução significativa na criação do Mato Grosso do Sul e também uma satisfação muito grande apresentada por eles. Opinião compartilhada pelo vice-presidente de Comunicação e Marketing da ABCCC, Onécio Prado Júnior, que representou a diretoria na Exposição e participa ativamente há seis anos da seletiva. “Hoje já encontramos em pista animais já nascidos aqui e com a marca dessas pessoas. Isso é muito importante para a nossa raça”, salientou.
 
Novidades para a região
Na tarde de quinta-feira, 12, foi inaugurada a pista de Mangueira, cujas instalações permitirão que o Mato Grosso do Sul receba sua primeira credenciadora ao Freio de Ouro. Dessa forma, além da morfologia, será demostrada a funcionalidade do Cavalo Crioulo e sua capacidade de trabalho – algo fundamental na região centro-oeste, fortíssima na pecuária extensiva.
 
Representação feminina
O Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Mato Grosso do Sul, com oito anos de cultivo à raça, conta hoje com o mandato de sua primeira presidente mulher, Anna Lucia Coelho Paiva. Ela é a responsável por dar continuidade a um trabalho que vem colhendo muitos frutos e acrescentar com todo seu conhecimento. Além dela, o trabalho de Surama Ferreira, que atua há quatro edições seguidas na Passaporte Campo Grande como secretária de julgamento, também traz muita representatividade.
 
A cada despedida, ela recebe do núcleo o convite para retornar. Interessada e atenta, a Médica Veterinária de 24 anos se sente lisonjeada por fazer parte das seletivas. “É gratificante demais para mim e a cada evento formamos uma família. Sem dúvidas retorno na próxima exposição”, garante. A jovem mora em Campo Grande/MS desde os 9 anos de idade e herdou a paixão por influência do pai, gaúcho e admirador Cavalo Crioulo.
 
Confira o resultado
 
FÊMEAS
 
Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça
Hembra Linda do Mako, filha de Aqui Estoy da Santa Juvita e Carícia do Mako; criador Agropecuária do Mako LTDA e expositores André Luiz e Rodrigo Machado, Cabanha Don Diló, Rio de Janeiro/RJ
 
Reservada Grande Campeã
Montana da Vendramin, filha de São João do Juncal Pandemônio e Gota D’água 200 da Vendramin; criador e expositor Aldo Vendramin, Estância Vendramin, Palmeira/PR
 
Terceira Melhor Fêmea
Monalisa da Vendramin, filha de São João do Juncal Pandemônio e Enfesada de Los Campos; criador e expositor Aldo Vendramin, Estância Vendramin, Palmeira/PR
 
Quarta Melhor Fêmea
Ramon Zarzuela, filha de AS Malke Vulto e Obra Prima de Paineiras; criador GER Administração e Participações S/A e expositor Ricardo Gonzales Sant’anna, Sant’anna – Campo Grande/MS
 
MACHOS
Grande Campeão
Farrapo II do Barrozo, filho de Macanudo do Itapororó e Jóia Rara da Vila Velha; criador Marcos Gomes Antunes e expositores Adolpho de Carvalho, esposa e filhos, Cabanha Treze Linhas e San Clemente - Campos do Jordão e Passo Funco/SP
 
Reservado Grande Campeão
Meia Volta General, filho de JLS Hermoso e BT Sabrina; criadores e expositores Oswaldo Gutheil e Hilda Maria Goulart, Cabanha Meia Volta, Tapes/RS
 
Terceiro Melhor Macho
LGA Destaque, filho de Macanudo do Itapororó e Zambia do Barrozo; criador Luiz Fernando Silva Guerreiro e expositor Roberto Coelho, Fazenda San Francisco – Miranda/MS
 
Quarto Melhor Macho
Campana Don Maufer, filho de Facón 1069 Maufer e Campana Candobeira; criador Mário Móglia Suñé e expositores André Luiz e Rodrigo Machado/Vitor Stafani e Natália Machado, Cabanha Don Diló/ Cabanha Ferro Templado – Rio de Janeiro/RJ e Bagé/RS

Clique aqui e veja galeria de fotos

Fonte: Marina Bonati | ABCCC
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

China confirma tarifas de até 32,4% ao frango brasileiro 15 de fevereiro de 2019 A China confirmou nesta sexta-feira, 15 de fevereiro, a imposição de medidas antidumping sobre a importação de frango brasileiro. De acordo com an...
Marfrig realiza o primeiro embarque com destino ao Japão 15 de fevereiro de 2019 A Marfrig Global Foods, uma das companhias líderes globais em carne bovina, fez o primeiro embarque de produtos para o Japão por meio de suas unidad...
Tempo instável e temperaturas amenas fecham a semana em MS 15 de fevereiro de 2019 Sexta-feira (15.2) segue o rito das previsões do tempo registrada ao longo desta semana. Chuva, trovoadas, céu nublado e temperaturas amenas são es...
Marasmo no mercado do boi gordo continua em todas as praças 15 de fevereiro de 2019 Mercado do boi gordo sem grandes movimentações. No fechamento desta quarta-feira (13/2) praticamente não houve alteração nas referências.Frigor...
Cientistas desenvolvem metodologia para medir emissões de GEE na aquicultura 15 de fevereiro de 2019 Cientistas da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - Inpe, (São José dos Campos, SP) criaram um Mo...
JBS entra no lugar da Marfrig em parceria com a associação de Nelore 15 de fevereiro de 2019 A JBS, maior indústria bovina do Brasil, com 36 frigoríficos espalhados pelo País, assinou parceria com a Associação dos Criadores de Nelore do B...
Varejo: margem da carne bovina continua subindo no Brasil 15 de fevereiro de 2019 Em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Minas Gerais, na média de todos os cortes vendidos nos supermercados e nos açougues, os preços da carne bovin...


Foto: Fagner Almeida
Grande Campeão Farrapo II do Barrozo