Notícias

Ministro não acredita em aprovação do ICMS sobre exportação neste ano

13 de março de 2018

Em evento em Cuiabá, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi, disse nesta segunda-feira (12), que não acredita que haja ambiente favorável para aprovar mudanças na Lei Kandir neste ano. A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que trata do retorno à cobrança de imposto sobre exportações preocupava produtores do setor agropecuário. De acordo com o ministro, a cobrança do ICMS tiraria a competitividade dos produtos brasileiros no exterior.

 
A emenda, além de depender de maioria ampla para aprovação no Congresso, deve enfrentar resistência da bancada rural. A PEC 37/2007, que retoma a cobrança, passou na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) em novembro. O regime de desoneração foi instituído em 1988 e se estendeu com a Lei Complementar 87/1996 a produtos primários e semielaborados destinados à exportação.
 
A preocupação com a PEC já havia sido levada pelo ministro ao presidente Michel Temer. Durante entrevista no Mato Grosso, Blairo Maggi disse que a desoneração permitiu avançar para o norte do estado, “para regiões mais distantes e produzir mais. Se for tributar com 12%, 18%, o agro, nessas regiões, tenho certeza absoluta que não terá competitividade. Não há como esses produtores que estão mais distantes produzirem”.
 
De acordo com o ministro, as margens dos produtores têm diminuído “ao ponto de, praticamente, hoje, se não colher muito bem e aproveitar vantagens, às vezes do câmbio, acaba-se empatando, trocando seis por meia dúzia”. Maggi advertiu que seria uma coisa perigosa mexer com o tributo. “Isso não é uma questão de choradeira, mas é arriscado mexer com um setor que é a base da economia”.

Fonte: Mapa
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Fenômeno El Niño pode retornar no fim deste ano 17 de julho de 2018 O El Niño, fenômeno caracterizado pelo aquecimento das águas do Oceano Pacífico Equatorial, tem grandes chances de se firmar até dezembro de 2018...
Oferta restrita de boiadas e lentidão no escoamento de carne travam mercado do boi 17 de julho de 2018 A associação entre oferta restrita de boiadas e demanda patinando mantém o mercado travado. Vale lembrar que apesar do lento escoamento de carne bo...
Greve dos caminhoneiros e Rússia derrubam exportação de suínos do Brasil 17 de julho de 2018 As exportações totais de carne suína, entre produtos in natura e processados, alcançaram 278,3 mil toneladas entre janeiro e junho deste ano. O n...
Exportação de gado em pé em alta em relação a 2017 17 de julho de 2018 Em meio a discussões sobre a proibição da atividade em São Paulo, a exportação de gado em pé se mantém em alta em 2018. Segundo dados do Minis...
Mercado de reposição de bovinos começa a ganhar ritmo em todo o País 17 de julho de 2018 A especulação ganhou força no mercado de reposição e, aos poucos, o volume de negócios concretizados aumenta no mercado de reposição. A firmez...
Vice-presidente do Sistema Famasul destaca potencial da fronteira na Expobel 2018 17 de julho de 2018 O vice-presidente do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Nilton Pickler, participou da abertura da  47ª Ex...
Tempo seco favorece a colheita do milho no Brasil central 17 de julho de 2018 Há pouca variação de nebulosidade na maior parte do país, porque uma massa de ar seco ainda segue atuando. As instabilidades continuam somente nas...