Notícias

Produtores rurais de MS destacam-se em premiação concedida pela Dinheiro Rural

12 de janeiro de 2018

Produtores rurais de Mato Grosso do Sul foram destaque na premiação As Melhores Empresas do Agronegócio em 2017,  concedida pela revista  Dinheiro Rural e publicada na edição dezembro/17 janeiro/18. Fazendas com criação de gado e agricultura de Campo Grande e Maracaju aparecem no topo do ranking das categorias Fazenda Sustentável e Genética Nelore.

 
“São importantes exemplos de boas práticas no agronegócio que têm de ser divulgados e parabenizados. É esse o modelo de desenvolvimento sustentável que a Semagro estimula por meio de programas como o Precoce MS, Resenha Virtual e outros que estamos aprimorando, além do trabalho realizado pelos nossos órgãos vinculados”, lembra o secretário adjunto Ricardo Senna, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).
 
A propriedade rural Sapé Agro, pertencente ao pecuarista e secretário estadual de Governo, Eduardo Riedel foi classificada como Ouro na categoria Fazenda Sustentável. Na fazenda localizada em Maracaju é feito o plantio de grãos, criação de gado de corte e de leite e há um projeto técnico de educação no campo.
 
“Em sua gênese a fazenda é uma atividade de longo prazo. É preciso enxergar um horizonte bem maior para definir os investimentos e garantir lucratividade”, disse Eduardo Riedel em entrevista à Revista Dinheiro Rural.
 
Na mesma categoria, o Grupo Atallah dos irmãos Atallah de Campo Grande, ficou na categoria prata empatado com propriedades do Mato Grosso, que também ocuparam a colocação bronze.
 
Já na categoria Genética Nelore, a Genética Aditiva de Campo Grande, pertencente Eduardo Foley Coelho e Simone Spengler Coelho alcançou o topo do ranking. O trabalho começou a ser desenvolvido em 1940 e o cuidado com o rebanho passou de pai para filho.
 
A Revista destacou que entre os 10 primeiros touros mais bem colocados no sumário da Associação Nacional de Criadores e Pesquisadores de 2017, oito foram produzidos pela Genética Ativa.  No sumário Geneplus/Embrapa, os nove primeiros também são da empresa.
 
Mato Grosso do Sul também aparece na segunda posição da categoria Gado de Produção, com a Fazenda 3R pertencente ao pecuarista Rubens Catenacci, de Figueirão.

Fonte: Semagro MS
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Efeitos do final de safra em algumas praças, mas mercado firme em outras 18 de maio de 2018 A pressão de baixa observada no mercado do boi gordo nas últimas semanas tem diminuído de intensidade. Das trinta e duas praças pecuárias pesquis...
Preço do leite longa vida recua na 1ª quinzena de maio, mas queijos estão firmes 18 de maio de 2018 Por outro lado, a demanda está melhor no mercado de queijos, que registraram altas de preços desde meados de março. Com a chegada do frio, a expect...
Rússia pode retomar importação de carne ainda em maio 18 de maio de 2018 A retomada das importações de carnes bovina e suína pela Rússia pode acontecer nas próximas semanas, diz Luís Rangel, secretário de Defesa Agro...
Pressão de baixa no mercado do couro em todo o País 18 de maio de 2018 O preço do couro verde voltou a cair no mercado interno.A baixa procura pelo produto final mantém o mercado pressionado e não deixa espaço para re...
Depois do frango, europeus embargam importações de pescado do Brasil 18 de maio de 2018 Depois de barrar a entrada de frango produzido em 20 frigoríficos brasileiros, a maior parte deles da BRF, por causa de suspeitas de deficiência no ...
Secretaria de Mobilidade atendeu a produtores rurais em todo o País 18 de maio de 2018 No balanço das ações realizadas nos últimos dois anos – 2016 e 2017 – pela Secretaria de Mobilidade Social do Produtor Rural e do Coop...
Queda no poder de compra do suinocultor em relação ao milho 18 de maio de 2018 O mercado não apresentou incremento nas vendas o suficiente para gerar alterações nos preços. Nas granjas de São Paulo, o suíno terminado segue ...


Foto: Reprodução