Notícias

MS negocia formas de garantir receita gerada pela importação do gás natural da Bolívia

06 de dezembro de 2017

O fornecimento de gás natural da Bolívia para o Brasil foi um dos temas de reunião na manhã desta terça-feira (5) em Brasília entre os presidentes Evo Morales e Michel Temer. Em 2019 termina o contrato de importação de gás da Petrobras com o país vizinho e a nova política de compra está em discussão.

 
O contrato atual prevê o fornecimento de 30 milhões de metros cúbicos diários ao Brasil, que são importados por Corumbá, justificando o interesse de Mato Grosso do Sul na comercialização. Por isso, o governador Reinaldo Azambuja e o secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), acompanham a discussão em Brasília.
 
Com o aumento da produção nacional de gás e o acionamento das termelétricas, o consumo do produto boliviano pela Petrobras está instável, variando entre 15 milhões de metros cúbicos a 30 milhões de metros cúbicos, conforme o dia. O consumo afeta diretamente as finanças do governo de Mato Grosso do Sul, que recebe ICMS (Imposto sobre Comercialização de Mercadorias e Serviços) sobre a importação  do combustível.
 
O Governo boliviano também manifestou interesse em fornecer gás natural para a UFN 3, fábrica de fertilizantes da Petrobras em Três Lagoas. A venda com mais de 80% das obras concluídas, a unidade vai precisar de 2,2 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia para operar e a estatal deixou claro que o comprador terá que se responsabilizar pela compra do insumo.

Fonte: Semagro MS
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Efeitos do final de safra em algumas praças, mas mercado firme em outras 18 de maio de 2018 A pressão de baixa observada no mercado do boi gordo nas últimas semanas tem diminuído de intensidade. Das trinta e duas praças pecuárias pesquis...
Preço do leite longa vida recua na 1ª quinzena de maio, mas queijos estão firmes 18 de maio de 2018 Por outro lado, a demanda está melhor no mercado de queijos, que registraram altas de preços desde meados de março. Com a chegada do frio, a expect...
Rússia pode retomar importação de carne ainda em maio 18 de maio de 2018 A retomada das importações de carnes bovina e suína pela Rússia pode acontecer nas próximas semanas, diz Luís Rangel, secretário de Defesa Agro...
Pressão de baixa no mercado do couro em todo o País 18 de maio de 2018 O preço do couro verde voltou a cair no mercado interno.A baixa procura pelo produto final mantém o mercado pressionado e não deixa espaço para re...
Depois do frango, europeus embargam importações de pescado do Brasil 18 de maio de 2018 Depois de barrar a entrada de frango produzido em 20 frigoríficos brasileiros, a maior parte deles da BRF, por causa de suspeitas de deficiência no ...
Secretaria de Mobilidade atendeu a produtores rurais em todo o País 18 de maio de 2018 No balanço das ações realizadas nos últimos dois anos – 2016 e 2017 – pela Secretaria de Mobilidade Social do Produtor Rural e do Coop...
Queda no poder de compra do suinocultor em relação ao milho 18 de maio de 2018 O mercado não apresentou incremento nas vendas o suficiente para gerar alterações nos preços. Nas granjas de São Paulo, o suíno terminado segue ...