Notícias

Queda foi menor para o produtor de leite no pagamento de novembro, mas pressão continua

06 de dezembro de 2017

 A demanda não melhorou. A tentativa de aumentar os preços no atacado para melhorar a margem das indústrias não deu certo e as cotações dos lácteos e do leite longa vida voltaram a cair em novembro.

Do lado da produção, houve queda nos volumes captados no Sul do país e na região Nordeste, mas os incrementos no Brasil Central e região Sudeste compensaram e a média nacional aumentou 1,1% em outubro, em relação a setembro deste ano, segundo o Índice Scot Consultoria de Captação de Leite. Para novembro, os dados parciais apontam para alta de 0,9%, na comparação mensal.

 

O pico de produção está previsto para dezembro/17 em importantes bacias leiteiras, como São Paulo, Minas Gerais e Goiás.

 

No Sul do país, a captação deverá seguir entre estável e queda nos próximos meses. Este cenário de oferta mais ajustado no Sul deverá ajudar a diminuir, em parte, a pressão de baixa no mercado do leite, mas o viés ainda é de baixa para dezembro/17, com previsão de manutenção dos preços ao produtor em janeiro/18.

 

Para o pagamento a ser realizado em dezembro (produção de novembro), 62,0% dos laticínios pesquisados pela Scot Consultoria acreditam em manutenção dos preços do leite ao produtor, 30,0% falam em queda e os 8,0% restantes acreditam em alta nos preços do leite.

 

Aumentou o número de empresas falando em estabilidade, mas ainda assim, na média, os preços do leite deverão recuar em dezembro, com uma pressão de baixa menor nos estados das regiões Sul e Nordeste.

 

Para janeiro de 2018, o tom do mercado é de estabilidade, com alguns laticínios apontando para ligeiras altas para o produtor.

 

Para saber mais sobre o mercado de leite, custos de produção, clima, preços dos lácteos no atacado e varejo e expectativas para a cadeia assine o Relatório de Mercado de Leite da Scot Consultoria.

 

Mais informações em: https://www.scotconsultoria.com.br/loja/relatorios/59/relatorio-do-mercado-de-leite-da-scot-consultoria


Fonte: Scot Consultoria
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Cheia do Aquidauana já se equipara à de 2011, maior registrada; Miranda também pode transbordar 23 de fevereiro de 2018 O rio Aquidauana amanheceu com volume de água superior a 10 metros acima do nível e já não é possível mensurar porque a régua está submersa. A...
Governo do Estado repassa R$ 90 mil à Fundapam para realização da Dinapec 23 de fevereiro de 2018 O Governo do Estado, por meio da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), repassou R$ 90 ...
EUA estimam 90 milhões de acres tanto para soja quanto para milho em 2018/2019 23 de fevereiro de 2018 Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou nesta quinta-feira (22/2), suas estimativas para o plantio da safra 2018/2019 do país....
Safra de soja na Argentina sofre corte de 5 milhões de toneladas 23 de fevereiro de 2018 A Bolsa de Comércio de Rosario (BCR) reduziu em 5,5 milhões de toneladas a sua previsão de produção de soja da Argentina em 2017/2018 para 46,5 m...
Produção brasileira de carne bovina crescerá 5% em 2018, diz Rabobank 23 de fevereiro de 2018 Impulsionada pela maior oferta de vacas que serão destinadas ao abate, a produção brasileira de carne bovina deverá crescer 5% em 2018, de acordo ...
Índia deve se tornar principal exportador de carne bovina 23 de fevereiro de 2018 As principais mudanças no poder dos países exportadores no setor de carne e gado na última década foram identificadas na nova análise estatístic...
Licenciamento Ambiental de Bovinocultura no Estado de São Paulo 23 de fevereiro de 2018 O número de animais confinados aumentou no Brasil. Isto é justificado pelo aumento do preço das terras e a competição com outras culturas agríco...