Notícias

Estratégias ajudam a melhorar prenhez com inseminação artificial

05 de dezembro de 2017

Começou a temporada da estação de monta em Mato Grosso do Sul. Boa parte da reprodução bovina é feita por inseminação artificial no estado.

 
Duas mil cabeças serão inseminadas neste ciclo na fazenda Pinheirão, em Ribas do Rio Pardo, na região central do estado. Todas as fêmeas são avaliadas antes do processo. Com a ultrassonografia é possível ver se os animais estão em perfeitas condições para a gestação. Depois, as vacas recebem doses hormônios que estimulam o processo reprodutivo.
 
As condições físicas e o estresse dos animais também são avaliados. Esses fatores podem interferir na taxa de penhez. Por isso, o trabalho é feito com tranquilidade. Cada detalhe faz muita diferença no resultado final.
 
Seguindo todos os protocolos necessários, a inseminação artificial trouxe bons resultados para fazenda. Houve aumento na taxa de prenhez das fêmeas, melhoramento genético do rebanho, e aumento de ganhos na engorda dos animais.
 
O Centro-Oeste do país concentra o maior percentual de vacas inseminadas. Mato Grosso do Sul lidera esse ranking com 18%.
Um bom exemplo é o que está acontecendo na fazenda do pecuarista Adolfo Timm, em Corguinho, região central do estado. O número de animais inseminados ao longo dos anos vem aumentando. A estratégia usada foi melhorar o plantel de matrizes da raça nelore.
 
As pessoas que trabalham com a comercialização de sêmen comemoram o crescimento do setor. Só no primeiro semestre as vendas no mercado interno aumentaram 7,6% em todo o país. O desempenho nas exportações foi ainda melhor, com crescimento de 60,4 %. Os dados são da associação brasileira de inseminação artificial.
 
No primeiro semestre, o sêmen bovino brasileiro foi exportado principalmente para a Bolívia e o Paraguai.

Fonte: Globo Rural
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Cheia do Aquidauana já se equipara à de 2011, maior registrada; Miranda também pode transbordar 23 de fevereiro de 2018 O rio Aquidauana amanheceu com volume de água superior a 10 metros acima do nível e já não é possível mensurar porque a régua está submersa. A...
Governo do Estado repassa R$ 90 mil à Fundapam para realização da Dinapec 23 de fevereiro de 2018 O Governo do Estado, por meio da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), repassou R$ 90 ...
EUA estimam 90 milhões de acres tanto para soja quanto para milho em 2018/2019 23 de fevereiro de 2018 Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou nesta quinta-feira (22/2), suas estimativas para o plantio da safra 2018/2019 do país....
Safra de soja na Argentina sofre corte de 5 milhões de toneladas 23 de fevereiro de 2018 A Bolsa de Comércio de Rosario (BCR) reduziu em 5,5 milhões de toneladas a sua previsão de produção de soja da Argentina em 2017/2018 para 46,5 m...
Produção brasileira de carne bovina crescerá 5% em 2018, diz Rabobank 23 de fevereiro de 2018 Impulsionada pela maior oferta de vacas que serão destinadas ao abate, a produção brasileira de carne bovina deverá crescer 5% em 2018, de acordo ...
Índia deve se tornar principal exportador de carne bovina 23 de fevereiro de 2018 As principais mudanças no poder dos países exportadores no setor de carne e gado na última década foram identificadas na nova análise estatístic...
Licenciamento Ambiental de Bovinocultura no Estado de São Paulo 23 de fevereiro de 2018 O número de animais confinados aumentou no Brasil. Isto é justificado pelo aumento do preço das terras e a competição com outras culturas agríco...


Foto: Reprodução | Beefpoint