Notícias

PIB de MS tem o melhor desempenho do país em 2015, mostra IBGE

20 de novembro de 2017
O Produto Interno Bruto (PIB) de Mato Grosso do Sul atingiu R$ 83,1 bilhões em 2015, segundo relatório de contas públicas divulgado hoje, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O Estado teve o melhor desempenho entre o resultado negativo de todas as unidades da federação.
 
O PIB de Mato Grosso do Sul teve queda de 0,27% em relação ao de 2014, sendo o menor percentual de queda entre todos os estados brasileiros. O país teve PIB negativo em 3,55% em 2015, enquanto os vizinhos Mato Grosso e Goiás tiveram retração de 1,89% e 4,26%, respectivamente, naquele ano.
 
Os números divulgados hoje foram analisados pela equipe econômica da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), responsável pela análise do PIB no Estado. O relatório está disponível aqui.
 
No período de fraco desempenho da indústria e do comércio, o agronegócio foi o responsável por minimizar a retração da economia. Dentro do setor, a agricultura e a produção florestal, principalmente madeira para a indústria de celulose, são as que mais cresceram em 2015.
 
O titular da Semagro, Jaime Verruck, destaca que chama a atenção o fato de todos os estados terem tido resultado negativo em 2015, o que reflete os impactos da crise econômica recente. “Os números consolidam a dinâmica do agronegócio no Brasil, com taxa de crescimento, mesmo que negativa, em função das riquezas geradas pela agricultura e pecuária”.
 
Além disso, as políticas adotadas pelo governo estadual contribuíram para o desempenho, tais como o estímulo aos pequenos negócios, simplificações de processos e licenciamento, atrações de mais de R$ 40 bilhões de investimentos, adoção de uma nova política de incentivos fiscais, aumento da infraestrutura econômica e social.
 
Entre outras ações está uma postura mais proativa do governo estadual, focada na promoção do desenvolvimento por meio da criação de um ambiente favorável à reativação de negócios, como foi divulgado pelo ranking de liberdade econômica do Centro Mackenzie.
 
Clique AQUI e ouça a notícia

Fonte: Semagro MS
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

ExpoMS 2018 vai receber circuito da Copa Morena de Laço Comprido 20 de julho de 2018 A ExpoMS Rural 2018, feira agropecuária que a Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul) vai realizar de 23 de agosto a 2 de setembr...
Encontro Técnico do Leite: evento será realizado no dia 31 de agosto, durante a Expo MS 20 de julho de 2018 O Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural realizará, no dia 31 de agosto, a 21ª edição do Encontro Técnico do Leite. O event...
Fazenda define regras para ressarcir bancos por descontos em dívida rural 20 de julho de 2018  O Ministério da Fazenda definiu as condições para que a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) faça o ressarcimento de instituições financei...
Morre o reprodutor Nelore Macuni do Salto 20 de julho de 2018 A Alta Genetics comunica o falecimento do touro Macuni do Salto aos 15 anos de idade. Vindo do criatório Nelore da Nana, propriedade de Ana Luiza Con...
Demanda chinesa para importação deve sustentar preços do algodão em 2019 20 de julho de 2018  O ressurgimento da demanda chinesa para importação de algodão será o principal fator de suporte para os preços da pluma em 2019, avalia a B...
Médias sinalizam aquecimento de mercado pecuário no semestre 20 de julho de 2018 O mercado para a pecuária no país no segundo semestre deve ter venda em alta com preços remuneratórios e médias satisfatórias para os vendedores...
Demanda fraca segue ditando o ritmo do mercado de frango 20 de julho de 2018  O mercado de frango está sem fôlego. Nas granjas paulistas, a ave terminada tem sido negociada, em média, em R$3,00/kg, estabilidade frente ...