Notícias

Exportações de carne bovina brasileira têm alta de 39,72% em outubro

14 de novembro de 2017

De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (ABIEC), as exportações brasileiras de carne bovina registraram alta de 39,72% no volume embarcado em outubro (144.615 toneladas), na comparação com o embarque realizado no mesmo período do ano passado.

O faturamento com as negociações realizadas no mês girou em torno de US$ 605 milhões, o que representa um aumento de 38,11% em relação ao que foi faturado em outubro de 2016. O levantamento da ABIEC ainda aponta que, na comparação com setembro deste ano, as exportações tiveram alta de 6,74% em volume e 8,65% em faturamento.

Responsável pela compra de 35.766 toneladas de carne bovina, 67,22% a mais do que o negociado em outubro de 2016, Hong Kong continua sendo o principal destino da carne produzida pelo Brasil. No mês passado, as negociações com a região geraram um faturamento aproximado de US$ 138 milhões, alta de 73,11% sobre o faturado no mesmo período do ano anterior.

No ranking de principais importadores da carne bovina brasileira (quadro abaixo), Hong Kong é seguido pela China, que importou 20.615 toneladas e gerou faturamento de US$ 92 milhões, e Egito, que comprou 19.156 toneladas e possibilitou ao Brasil faturar perto de US$ 66 milhões.

Desempenho por categoria

A carne bovina in natura se manteve como categoria mais exportada no de outubro, com o embarque de 119.076 toneladas, alta de 42,83% sobre o volume embarcado em outubro de 2016, o que gerou um faturamento de US$ 503 milhões, 40,78% a mais do que o montante faturado no mesmo período do ano passado.

O ranking de categorias mais exportadas (quadro abaixo) ainda aponta, em sequência, miúdos (13.295 toneladas embarcadas), industrializadas (8.522 toneladas), tripas (3.190 toneladas) e salgadas (532 toneladas).

Desempenho por estado

Com 33.474 toneladas embarcadas (alta de 17,90% sobre o mês anterior) e faturamento de US$ 154 milhões (21,50% a mais que o faturado em setembro de 2017) São Paulo foi a unidade federativa que mais exportou carne bovina em outubro deste ano. Destacam-se como principais compradores da carne bovina originada no estado, a China, Hong Kong e União Europeia.


Fonte: Abiec - Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Efeitos do final de safra em algumas praças, mas mercado firme em outras 18 de maio de 2018 A pressão de baixa observada no mercado do boi gordo nas últimas semanas tem diminuído de intensidade. Das trinta e duas praças pecuárias pesquis...
Preço do leite longa vida recua na 1ª quinzena de maio, mas queijos estão firmes 18 de maio de 2018 Por outro lado, a demanda está melhor no mercado de queijos, que registraram altas de preços desde meados de março. Com a chegada do frio, a expect...
Rússia pode retomar importação de carne ainda em maio 18 de maio de 2018 A retomada das importações de carnes bovina e suína pela Rússia pode acontecer nas próximas semanas, diz Luís Rangel, secretário de Defesa Agro...
Pressão de baixa no mercado do couro em todo o País 18 de maio de 2018 O preço do couro verde voltou a cair no mercado interno.A baixa procura pelo produto final mantém o mercado pressionado e não deixa espaço para re...
Depois do frango, europeus embargam importações de pescado do Brasil 18 de maio de 2018 Depois de barrar a entrada de frango produzido em 20 frigoríficos brasileiros, a maior parte deles da BRF, por causa de suspeitas de deficiência no ...
Secretaria de Mobilidade atendeu a produtores rurais em todo o País 18 de maio de 2018 No balanço das ações realizadas nos últimos dois anos – 2016 e 2017 – pela Secretaria de Mobilidade Social do Produtor Rural e do Coop...
Queda no poder de compra do suinocultor em relação ao milho 18 de maio de 2018 O mercado não apresentou incremento nas vendas o suficiente para gerar alterações nos preços. Nas granjas de São Paulo, o suíno terminado segue ...