Notícias

Exportações de carne bovina brasileira têm alta de 39,72% em outubro

14 de novembro de 2017

De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (ABIEC), as exportações brasileiras de carne bovina registraram alta de 39,72% no volume embarcado em outubro (144.615 toneladas), na comparação com o embarque realizado no mesmo período do ano passado.

O faturamento com as negociações realizadas no mês girou em torno de US$ 605 milhões, o que representa um aumento de 38,11% em relação ao que foi faturado em outubro de 2016. O levantamento da ABIEC ainda aponta que, na comparação com setembro deste ano, as exportações tiveram alta de 6,74% em volume e 8,65% em faturamento.

Responsável pela compra de 35.766 toneladas de carne bovina, 67,22% a mais do que o negociado em outubro de 2016, Hong Kong continua sendo o principal destino da carne produzida pelo Brasil. No mês passado, as negociações com a região geraram um faturamento aproximado de US$ 138 milhões, alta de 73,11% sobre o faturado no mesmo período do ano anterior.

No ranking de principais importadores da carne bovina brasileira (quadro abaixo), Hong Kong é seguido pela China, que importou 20.615 toneladas e gerou faturamento de US$ 92 milhões, e Egito, que comprou 19.156 toneladas e possibilitou ao Brasil faturar perto de US$ 66 milhões.

Desempenho por categoria

A carne bovina in natura se manteve como categoria mais exportada no de outubro, com o embarque de 119.076 toneladas, alta de 42,83% sobre o volume embarcado em outubro de 2016, o que gerou um faturamento de US$ 503 milhões, 40,78% a mais do que o montante faturado no mesmo período do ano passado.

O ranking de categorias mais exportadas (quadro abaixo) ainda aponta, em sequência, miúdos (13.295 toneladas embarcadas), industrializadas (8.522 toneladas), tripas (3.190 toneladas) e salgadas (532 toneladas).

Desempenho por estado

Com 33.474 toneladas embarcadas (alta de 17,90% sobre o mês anterior) e faturamento de US$ 154 milhões (21,50% a mais que o faturado em setembro de 2017) São Paulo foi a unidade federativa que mais exportou carne bovina em outubro deste ano. Destacam-se como principais compradores da carne bovina originada no estado, a China, Hong Kong e União Europeia.


Fonte: Abiec - Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Queda no mercado atacadista estreita a margem dos frigoríficos 23 de janeiro de 2018 A demanda fraca desde o início do ano se intensificou ao longo da última semana e o reflexo disso foi mais pressão sobre a cotação da arroba do b...
Mapa autoriza redução da dose da vacina contra aftosa 23 de janeiro de 2018 A Instrução Normativa nº 11 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (...
JBS: pecuarista será restituído da diferença de Funrural de janeiro 22 de janeiro de 2018 A JBS informou nesta segunda-feira, 22, que vai restituir pecuaristas que tiveram seus animais abatidos pela empresa no período do primeiro dia útil...
Carne bovina: vendas fracas no varejo e mercado pressionado 22 de janeiro de 2018 A situação é de vendas ruins, embora os movimentos de baixa sejam menos intensos no varejo do que no atacado, como já vinha ocorrendo em 2017.A co...
Frigoríficos testando o mercado 22 de janeiro de 2018 No fechamento da última sexta-feira (19/1) o cenário foi de um viés baixista. Das trinta e duas praças pecuárias pesquisadas pela Scot Consultori...
Com maior oferta, preço do milho recua na maioria das regiões 22 de janeiro de 2018 A maior disponibilidade interna tem pressionado os valores do milho em muitas regiões acompanhadas pelo Cepea nos últimos dias. A queda está atrela...
Segunda-feira poderá ter sol na maior parte de Mato Grosso do Sul 22 de janeiro de 2018 Depois de um longo período de chuvas, o sol deve predominar e deixar o tempo firme na maior parte de Mato Grosso do Sul nesta segunda-feira (22.1), d...