Notícias

Exportações de carne bovina brasileira têm alta de 17% em setembro

09 de outubro de 2017

Em setembro, as exportações brasileiras de carne bovina tiveram um volume 17% maior do que o exportado no mesmo período do ano passado, segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec). No mês, foram embarcadas 135.562 toneladas do produto, o que gerou um faturamento de US$ 556 milhões, alta de 17,46% sobre o que foi faturado em setembro de 2016.

Desde janeiro, o País exportou 1.061.980 toneladas de carne bovina, 1,84% a mais do que o exportado nos nove primeiros meses do ano passado. O faturamento obtido como resultado das exportações realizadas em 2017 até o momento é de US$ 4,3 bilhões, o que representa uma alta de 6,61% em relação ao faturado no mesmo período de 2016.

Hong Kong continua sendo o principal importador da carne bovina brasileira, responsável pela compra de 32.786 toneladas (56% a mais do que o comercializado em agosto), seguido por Egito, que importou 21.194 toneladas (aumento de 5,34%), e China, com 17.502 toneladas (alta de 10,98%).



Desempenho por categoria

A carne in natura se manteve como categoria mais exportada em setembro, com o embarque de 111.933 toneladas, o que gerou um faturamento de US$ 471 milhões, 21,25% a mais do que o faturado em setembro de 2016.

O ranking de categorias mais exportadas ainda aponta, em sequência, miúdos (12.927 toneladas embarcadas), industrializadas (7.456 toneladas), tripas (2.930 toneladas) e salgadas (316 toneladas).



Desempenho por estado

Em setembro, Mato Grosso se manteve como a unidade federativa que mais exporta carne bovina. No mês, foram embarcadas 30.251 toneladas do produto produzidas no estado, o que representa um aumento de 42,46% do que foi exportado em setembro de 2016.

O faturamento gerado com as exportações provenientes do Mato Grosso foi de US$ 127.184.240, uma alta de 44,10% sobre o faturado no mesmo período do ano passado. Destacam-se como principais compradores da carne oriundas do estado, Hong Kong, Egito e Irã.

 


Fonte: Abiec
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Cheia do Aquidauana já se equipara à de 2011, maior registrada; Miranda também pode transbordar 23 de fevereiro de 2018 O rio Aquidauana amanheceu com volume de água superior a 10 metros acima do nível e já não é possível mensurar porque a régua está submersa. A...
Governo do Estado repassa R$ 90 mil à Fundapam para realização da Dinapec 23 de fevereiro de 2018 O Governo do Estado, por meio da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), repassou R$ 90 ...
EUA estimam 90 milhões de acres tanto para soja quanto para milho em 2018/2019 23 de fevereiro de 2018 Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou nesta quinta-feira (22/2), suas estimativas para o plantio da safra 2018/2019 do país....
Safra de soja na Argentina sofre corte de 5 milhões de toneladas 23 de fevereiro de 2018 A Bolsa de Comércio de Rosario (BCR) reduziu em 5,5 milhões de toneladas a sua previsão de produção de soja da Argentina em 2017/2018 para 46,5 m...
Produção brasileira de carne bovina crescerá 5% em 2018, diz Rabobank 23 de fevereiro de 2018 Impulsionada pela maior oferta de vacas que serão destinadas ao abate, a produção brasileira de carne bovina deverá crescer 5% em 2018, de acordo ...
Índia deve se tornar principal exportador de carne bovina 23 de fevereiro de 2018 As principais mudanças no poder dos países exportadores no setor de carne e gado na última década foram identificadas na nova análise estatístic...
Licenciamento Ambiental de Bovinocultura no Estado de São Paulo 23 de fevereiro de 2018 O número de animais confinados aumentou no Brasil. Isto é justificado pelo aumento do preço das terras e a competição com outras culturas agríco...