Notícias

Censo agropecuário brasileiro começará em outubro

10 de agosto de 2017

A realização do censo agropecuário brasileiro foi anunciada nesta segunda-feira (7/8), durante o Congresso Nacional do Agronegócio (Abag), que acontece em São Paulo. Roberto Olinto, presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) participou do anúncio e ressaltou a importância da pesquisa para o país.

A coleta de informações – estima-se que sejam mais de 5 milhões de estabelecimentos pesquisados - que comporão o censo agropecuário começará no mês de outubro próximo e terminará em fevereiro do ano que vem. Dados sobre agricultura, extração vegetal, silvicultura, criação de animais de grande e pequeno portes, aquicultura, criação de abelhas, bicho-da-seda, beneficiamento e a transformação de produtos agropecuários serão inclusos na pesquisa.

Tecnologias

Segundo Olinto, a novidade para a realização deste censo será o uso de tecnologias, de dados geoespaciais e georreferenciais que facilitarão a coleta de informações e a elaboração dos resultados. “Os agentes vão monitorar os estabelecimentos munidos de um computador de mão, e depois essas informações poderão ser cruzadas, gerando mapas e outros dados que podem ser acessados e utilizados em amostragens futuras”, explicou. As informações coletadas serão referentes ao período de outubro de 2016 e setembro de 2017.

A divulgação dos resultados preliminares está prevista para acontecer no ano que vem para quantidade e área total de estabelecimentos agropecuários, uso da terra, maquinários, efetivos da produção pecuária e, a partir de 2018, também serão divulgados os resultados definitivos da pesquisa.

De acordo com Olinto, por restrições orçamentárias, a realização do censo agropecuário não será divulgada na mídia. “Ainda assim, estamos trabalhando intensamente para conscientizar os cidadãos  e as instituições da importância em participar e responder o questionário”. No censo agropecuário 2017, o IBGE firmou parcerias com instituições como a Associação Brasileira do Agronegócio (Abag) e a Organização das Cooperativas do Brasil (OCB). “A informação é benefício para todos, não pode ficar somente sob a responsabilidade só de um órgão de estatística”.

De acordo com Caio Carvalho, presidente da Abag, o censo agropecuário poderá cruzar as informações coletadas com o banco de dados do Cadastro Ambiental Rural (CAR) para criar um banco de dados integrado sobre o meio rural.

O último censo agropecuário realizado no Brasil foi o de 2006. De acordo com Olinto, a realização de um novo trabalho deveria ter sido feita em 2011, mas “o orçamento não permitiu”. “O objetivo é seguir o padrão mundial e realizar um censo a cada período de cinco anos, pois é um tempo em que mudanças podem ser sentidas, mas houve um problema orçamentário e só conseguimos realizar agora. Será uma pesquisa por amostragem”, disse Olinto.


Fonte: Globo Rural
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Pagamentos acima da referência são comuns no mercado do boi gordo 17 de agosto de 2017 Mercado em alta em todo o país.É a oferta curta que dita o ritmo. São os animais de cocho que garantem a maior parte da escala das indústrias. Ani...
Em MS 70% do milho 2ª safra já foi colhido 17 de agosto de 2017 Em Mato Grosso do Sul, 70% do milho da 2ª safra 2016/2017 já foi colhido, de acordo com a Circular Técnica nº 222, do Siga MS (Sistema de ...
Boi: Preço da arroba aumenta em todo o país 17 de agosto de 2017 As cotações da arroba do boi gordo estão em alta em todas as regiões acompanhadas pelo Cepea. Segundo pesquisadores do Cepea, as valorizações es...
Multas ambientais serão pagas com serviços e compra de cotas 17 de agosto de 2017 O Programa de Regularização Ambiental (PRA) deve ser autodeclaratório e as multas serão convertidas em serviços ambientais. Essas novidades foram...
Mato Grosso do Sul recebe Rally da Pecuária 16 de agosto de 2017 A Equipe 7 do Rally da Pecuária 2017 está no Mato Grosso do Sul na última semana da expedição para avaliar a produtividade do pecuarista sul-mato...
Preços do boi gordo continuam subindo no Brasil e tendência de alta é consistente 16 de agosto de 2017 Lygia Pimentel, consultora da Agrifatto, destaca que, no mercado do boi gordo, as escalas estão em processo de encurtamento, tendo em vista que há u...
Embaladas pelo mercado do boi gordo, as negociações começam a esquentar no mercado de reposição 16 de agosto de 2017 Com o cenário de firmeza no mercado do boi gordo, a procura de animais para reposição começa a aumentar.É fato que as negociações ainda ocorrem...