Notícias

Reforma trabalhista: setor produtivo comemora sanção

17 de julho de 2017

Sancionada sem vetos, na última quinta-feira (13), a reforma trabalhista passa a valer em 120 dias após sua publicação no Diário Oficial da União. A nova legislação promete modernizar as relações de trabalho, sem precarização do emprego.

Com a perspectiva de aumentar a formalidade do mercado de trabalho, novos modelos de contratação como, por exemplo, o trabalho intermitente, prometem ter impacto direto no setor rural brasileiro.

“O produtor que contrata profissionais especializados para inseminação ou vacinação de animais arcará com os custos específicos das horas efetivamente trabalhadas, podendo investir a diferença em aumento de produção ou em novas tecnologias. Estamos falando de mais empregos e mais investimentos gerados pelo setor”, destaca o deputado federal Nilson Leitão (PSDB-MT), presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária.

Para o deputado federal Goulart (PSD-SP), vice-presidente da Comissão Especial que analisou a matéria na Câmara dos Deputados, o empregador terá mais segurança jurídica, sem retirar qualquer direito do trabalhador, o que está garantido pelo artigo 7º da Constituição Federal.

“Hoje é um dia muito especial para o setor produtivo nacional. Hoje é um dia muito especial para o Brasil. Empregadores e trabalhadores constroem a modernização das relações do trabalho com mais oportunidades de emprego e geração de renda plena para todos os brasileiros”, disse o deputado federal Laércio Oliveira (SD-SE).

O deputado federal Daniel Vilela (PMDB-GO), presidente da Comissão Especial, acredita que esta é a maior contribuição que essa Legislatura dará ao país. “Esperamos que possamos todos, agora, rapidamente reduzir de forma significativa o desemprego no país e estimular os investimentos por parte dos nossos corajosos empreendedores brasileiros”, comemorou.

Já o senador Cidinho Santos (PR-MT), destacou que as leis do trabalho têm mais de 70 anos e precisavam ser adequadas às novas relações de trabalho da sociedade moderna. “A partir de agora teremos uma relação muito mais confortável na qual seremos parceiros”, disse.

Entre as principais alterações trazidas pela nova legislação com impacto direto para o setor produtivo nacional, além do trabalho intermitente,  estão o parcelamento de férias em até três períodos, o fortalecimento da negociação sindical por meio do acordado sobre o legislativo e jornadas de 12 horas de trabalho por 36 de descanso.


Fonte: FPA
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Mercado do boi gordo fecha primeira quinzena de novembro em alta 20 de novembro de 2017 Normalmente, as sextas-feiras são marcadas por lentidão no mercado do boi gordo onde, usualmente, as indústrias aproveitam para testar o mercado of...
PIB de MS tem o melhor desempenho do país em 2015, mostra IBGE 20 de novembro de 2017 O Produto Interno Bruto (PIB) de Mato Grosso do Sul atingiu R$ 83,1 bilhões em 2015, segundo relatório de contas públicas divulgado hoje, pelo Inst...
Drone: evento apresentará tecnologias do agro no dia 22, em Campo Grande 20 de novembro de 2017 Os veículos aéreos não tripulados vieram para revolucionar o agro no país. A aplicabilidade desses equipamentos é tema do evento ‘Drones e ...
Plantio de soja avança e atinge 73% da área em 2017/18 20 de novembro de 2017 O plantio da safra 2017/18 de soja do Brasil avançou 16 pontos porcentuais em uma semana e atingiu 73% da área prevista até quinta-feira (16/11), i...
Sauditas querem importar mais e investir no país 20 de novembro de 2017 Os sauditas têm interesse em aumentar as importações do Brasil, além de carne de aves e de bovinos e grãos, também de ingredientes para alimenta...
Valor da Produção Agropecuária de 2017 é de R$ 533,5 bilhões 20 de novembro de 2017  O valor bruto da produção agropecuária ( VBP ) para 2017, com base nas informações de outubro, é de R$ 533,5 bilhões, 1,6 % acima do valo...
Programa ABC é destacado no Espaço Brasil durante a COP 23 20 de novembro de 2017 O potencial do país como potência agroambiental foi destacado em painel realizado quarta-feira (15), no Espaço Brasil na Conferência das Partes pa...