Notícias

Agronegócio continua como âncora da economia e deve bancar saída de nova crise política instalada no

19 de maio de 2017

Frente ao atual cenário, o professor Roberto Rodrigues, da Fundação Getúlio Vargas (FGV), diz que ângulos devem ser analisados: os efeitos sobre o agronegócio e como o nosso agronegócio reagirá a esses efeitos.

Para ele, questões fundamentais para o Brasil crescer, como as reformas que estavam em andamento, serão paralisadas. Assim, resta saber quão profundo serão os efeitos dessa delação sobre as reformas.

Ele lembra que o agronegócio continua sendo a âncora do país e que, não obstante tudo isso, o agronegócio deve bancar a saída dessa crise. "Precisamos de mão firme na direção e olho na estrada", diz o professor.

O cenário que se traça a partir dessa situação de crédito mais caro, aumentos dos custos e quebra de confiança, serão um custo caro para a agricultura, assim como o Plano Safra anunciado às pressas.

Uma pessoa de confiança do setor econômico, para o professor, considerando o fim do governo Temer, que ainda não é uma coisa clara, seria necessária. Dessa forma, precisaria-se de um grande pacto para definir um nome que seja capaz de fazer parte deste projeto.

Para o professor, é preciso ter muita seriedade em relação aos governantes que serão escolhidos nas próximas eleições, já que essas decisões irão definir o futuro do país.

Tendo em vista que Michel Temer não aceitou renunciar em seu pronunciamento realizado hoje, o professor diz que esse posicionamento era esperado, mas que "isso tem que ser esclarecido à exaustão".


Fonte: Notícias Agrícolas
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Mercado turbulento faz preços da carne subir 26 de maio de 2017 Mercado em alta.Estamos no final do mês, época de redução nas vendas de carne. Ou seja, não há situação de consumo que justifique tal comporta...
Tempo fechado no mercado do boi gordo 26 de maio de 2017 O olho do furacão que afeta a política e a economia foi a delação dos donos e executivos da JBS, o maior cliente da pecuária nacional. Com isto, ...
A indicação ao pecuarista é trabalhar com diversos compradores, com lotes menores e preferencialment 26 de maio de 2017 Anderson Sobrinho: Com o pessoal se recusando a vender para a JBS, isso é um tiro no pé da pecuária?Hyberville Neto: Eu acredito que o tiro no pé ...
Operação Carne Fraca fez 60% dos brasileiros diminuírem o consumo de carne 26 de maio de 2017 Mercados já foram reabertos, imprecisões esclarecidas, mas os reflexos da Operação Carne Fraca, deflagrada em março pela Polícia Federal, contin...
Boi gordo: Margem da indústria dispara e está em 35,0% 26 de maio de 2017 Embora ainda pressionado e “digerindo” os acontecimentos recentes, o mercado não sofre mais mesma a pressão de baixa dos primeiros dias ...
Delação da JBS não afetou mercado de carne, diz Marfrig 26 de maio de 2017 Apesar da incerteza provocada pelas delações da JBS à Justiça, o mercado de carne bovina interno e externo segue operando normalmente. Foi o que a...
Oferta de carne pode cair com escândalo de delação da JBS; beneficia concorrentes, diz Abrafrigo 26 de maio de 2017 Os desdobramentos do escândalo de corrupção envolvendo a delação da cúpula da JBS podem resultar em uma diminuição da oferta de carne no país...