Notícias

Aplicativos de mensagem ajudam produtor a superar crise pós operação carne fraca

20 de abril de 2017

O preço da arroba bovina vem se recuperando diariamente. Através de grupo em aplicativo de mensagem instantânea, os pecuaristas se organizaram e conseguem ter informação rápida e precisa sobre o andamento do mercado em diversas regiões do país.

Segundo o coordenador do grupo Pecuária Bauru (GPB), Oswaldo Furlan, nesta semana foi possível observar valorizações do boi gordo nos estados do norte, centro-oeste e sudeste. "Hoje tivemos a notícia de boi negociado a R$ 135/@ no Mato Grosso e, um negócio em São Paulo por R$ 145/@", conta.

Desde a deflagração da operação Carne Fraca, da Polícia Federal, a cotação do boi gordo caiu em média R$ 7 em todo o país. O recuo expressivo motivou a postura de retenção dos produtores, na espera de melhores preços. "Quando a operação saiu, conseguimos nos organizar para fazer a venda apenas das necessidades financeiras. Agora, já é possível notar certa estabilidade desde a operação", ressalta Furlan.

Entre os cerca de 800 produtores que participam do grupo, a maioria não espera uma alta expressiva nas cotações, contudo, a expectativa é de recuperar o patamar praticado antes da Carne Fraca.

E mesmo cautelosos na venda, os produtores não temem a concentração da oferta represada na chegada da seca. Na visão do GPB, a demanda interna e externa retornou a normalidade e, a organização da classe permitirá manter o mercado estável. "Através do grupo, conseguimos coordenar as entregas de forma gradual", ressalta.

Furlan também conta que a paradeira dos grandes frigoríficos foi benéfica para as indústrias de médio e pequeno porte, "que puderam aumentar o volume de abate diário, saindo da ociosidade."

Segundo ele, após a operação houve uma mudança de comportamento do consumidor, preferindo carne in natura, em detrimento das industrializadas.

GPB

O grupo Pecuária Bauru foi criado há três anos, inicialmente em Bauru, interior de São Paulo, "com intenção de levar conhecimento, trocar de informações e experiências do campo", conta Furlan.

Atualmente o conjunto conta com a participação de 800 pecuaristas, em aproximadamente 12 estados brasileiros, onde é possível coordenar compras coletivas de insumos e vendas de animais.


Fonte: Notícias Agrícolas
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Abertura oficial da 1ª Expoequestre acontece neste sábado 20 de outubro de 2017 Sábado (21) será um dia movimentado no Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande (MS). A 1ª Expoequestre segue com sua programa...
Crise da JBS trava mercado do boi em Mato Grosso do Sul 20 de outubro de 2017 O anúncio da JBS de suspender, por tempo indeterminado, a compra e o abate nas suas sete unidades em Mato Grosso do Sul parou o mercado pecuário no ...
Com paralisação da JBS, Acrissul tem projetos para evitar crises no MS 20 de outubro de 2017 Presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Jonatan Pereira Barbosa, revela preocupação com a paralisação das plant...
Mercado do boi gordo sob pressão 20 de outubro de 2017 A perda de sustentação dos preços iniciada na segunda quinzena de setembro, e que se manteve na primeira quinzena de outubro, evoluiu para uma maio...
Entregas de adubos cresceram 5,3% em setembro no país 20 de outubro de 2017 As entregas de adubos totalizaram 4,23 milhões de toneladas em setembro deste ano no país, segundo a Associação Nacional para Difusão de Adubos (...
Confira a programação completa da 1ª Expoequestre 19 de outubro de 2017 DIA 20 DE OUTUBRO DE 2017 – SEXTA FEIRA8HEVENTO: CLINICA RANCH SORTINGLOCAL: AUDITORIO ACRISSULREALIZAÇÃO: NTRMS13H30EVENTO: CLINICA RANCH SOR...
1ª Expoequestre começa com Clínica de Ranch Sorting 19 de outubro de 2017 Dando início as atividades da 1ª Expoequestre realizada pela Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul), nesta sexta-feira (20)...