Notícias

Mapa vai fixar normas para compartimentação de suínos

19 de abril de 2017

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) realiza, nos dias 24 e 25 deste mês, a primeira reunião do grupo de trabalho criado para fixar normas destinadas à implantação da compartimentação de suínos. O grupo terá prazo de seis meses, prorrogáveis por mais seis, para propor as normas. A coordenação do GT será feita pelo Departamento de Saúde Animal (DSA) do ministério.

O Brasil poderá adotar pela primeira vez, nos estados, a compartimentação de suínos, para vir a ser considerado livre de febre aftosa sem vacinação e da peste suína clássica. A adoção do sistema está prevista para até um ano e meio e será voluntária. Para tanto, será iniciado projeto piloto. Com isso, as propriedades de engorda de suínos, unidades de genética e frigoríficos se tornam reconhecidos como protegidos contra risco eventual dessas doenças. A proposta partiu do setor produtivo de Mato Grosso. Já existe compartimentação por parte de empresa privada.

Além do estado do Mato Grosso, o Rio Grande do Sul também tem interesse na implantação da compartimentação de suínos. Entre os participantes do GT estão representantes do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal (FUNDESA/RS); do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea); Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA); Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA); Associação Brasileira de Criadores de Suínos (ABCS); Associação dos Criadores de Suínos do Mato Grosso (ACRISMAT); Fórum Nacional dos Executores de Sanidade Agropecuária (Fonesa); Associação Brasileira das Empresas de Genética de Suínos (ABEGS).

A compartimentação elimina riscos geográficos, pois cada granja é um compartimento livre de determinada enfermidade, e, em caso de surto de doença em um estado ou região, facilita a manutenção da exportação e o comércio interno. Também possibilita a negociação de mercados mais exigentes em relação à condição sanitária livre de febre aftosa sem vacinação.


Fonte: Mapa
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

MST invade fazenda do ministro da Agricultura, Blairo Maggi 25 de julho de 2017 Cerca de mil famílias que integram o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) invadiram na madrugada desta terça-feira, 25, a fazenda do m...
Demarcação indígena: novas regras podem gerar mais conflito? 25 de julho de 2017 Parecer da Advocacia Geral da União sobre demarcação de terras indígenas assinado na última semana por Michel Temer deve gerar a revisão e a par...
Barreiras comerciais persistem entre países do Mercosul 25 de julho de 2017 Em vias de enfrentar um choque de modernidade pelo acordo com a União Europeia, os quatro países-membros do Mercosul ainda impõem uma série de bar...
Funrural volta a ser discutido entre 1 e 2 de agosto no Senado Federal 25 de julho de 2017 As discussões em torno da volta da cobrança do Funrural continuam, tal qual os esforços de lideranças do setor para amenizar a a decisão do Supre...
Alteração de vacina contra febre aftosa está em avaliação, diz Ministério da Agricultura 25 de julho de 2017 Uma alteração na composição da vacina contra a febre aftosa, que tem sido vista como provável vilã na suspensão de importações de carne brasi...
Boi: Queda nos preços de forrageiras favorece reforma de pastagem 25 de julho de 2017 Após preços recordes em 2016, a oferta de sementes forrageiras deve ser maior neste ano. De acordo com colaboradores do Cepea, a produção em 2017 ...
Carne bovina cai no atacado, mas margem da indústria se mantém elevada 24 de julho de 2017 O preço médio da carne bovina vendida pelos frigoríficos de São Paulo, em valores nominais, é o menor desde a última semana de agosto de 2016. O...