Notícias

Com preços do milho abaixo do valor mínimo, negociações permanecem lentas em Caarapó

19 de abril de 2017

Na região de Caarapó (MS), a produção de milho safrinha tem uma expectativa "excelente", como informa o presidente do Sindicato Rural do município, Antônio Umberto Maran. O milho, segundo ele, está bastante adiantado e se espera uma produtividade de 90 a 100 sacas por hectare, uma safra recorde.

Quanto à umidade, os produtores não enfrentam problemas. A preocupação, mesmo, é com as geadas. No entanto, Maran destaca que, se não houverem geadas até o próximo dia 15 de junho, 90% da produção está garantida. Como o clima vem mudando e as geadas, normalmente, estão ocorrendo mais tarde, isso não vem afetando a safrinha. Na questão de sanidade, as lavouras também apresentam situação favorável.

O problema para os produtores está no preço e no armazenamento. No município, o preço gira em torno dos R$18 e o preço futuro, em torno de R$16 para entrega em junho e julho. Poucas pessoas realizaram contratos porque esse preço não paga os custos de produção, de acordo com Maran.

O presidente destaca que os produtores maiores, que têm condições de guardar seu milho, podem esperar. Os armazéns estão cheios de soja, sendo que 60% da oleaginosa ainda não foi comercializada. Se o preço mínimo do milho, de R$19,20, fosse garantido, muitos produtores iam vender, como acredita Maran, mas as expectativas são ruins.

Porém, o problema do milho a céu aberto, como ocorre no Mato Grosso, não deve se tornar real no estado, em função do clima diferente. Alguns produtores têm, ainda, a opção de armazenar seu milho em silo bolsa.

Os valores da soja na região também não são considerados vantajosos para os produtores, uma vez que giram em torno de R$52.


Fonte: Notícias Agrícolas
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Blairo nega que Rússia tenha fechado mercado à carne brasileira após restrições 20 de novembro de 2017  O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, negou nesta segunda-feira que a Rússia tenha fechado seu mercado às carnes brasileiras depois de Mosc...
Artigo - Quer trabalhar na roça? Precisa estudar 20 de novembro de 2017 Edson Bolfe Até pouco tempo, jovens filhos de agricultores e pecuaristas ouviam de seus pais que se não estudassem, teriam que trabalhar na ro...
Mercado do boi gordo fecha primeira quinzena de novembro em alta 20 de novembro de 2017 Normalmente, as sextas-feiras são marcadas por lentidão no mercado do boi gordo onde, usualmente, as indústrias aproveitam para testar o mercado of...
PIB de MS tem o melhor desempenho do país em 2015, mostra IBGE 20 de novembro de 2017 O Produto Interno Bruto (PIB) de Mato Grosso do Sul atingiu R$ 83,1 bilhões em 2015, segundo relatório de contas públicas divulgado hoje, pelo Inst...
Drone: evento apresentará tecnologias do agro no dia 22, em Campo Grande 20 de novembro de 2017 Os veículos aéreos não tripulados vieram para revolucionar o agro no país. A aplicabilidade desses equipamentos é tema do evento ‘Drones e ...
Plantio de soja avança e atinge 73% da área em 2017/18 20 de novembro de 2017 O plantio da safra 2017/18 de soja do Brasil avançou 16 pontos porcentuais em uma semana e atingiu 73% da área prevista até quinta-feira (16/11), i...
Sauditas querem importar mais e investir no país 20 de novembro de 2017 Os sauditas têm interesse em aumentar as importações do Brasil, além de carne de aves e de bovinos e grãos, também de ingredientes para alimenta...