Notícias

Mato Grosso do Sul deve ter problemas para armazenar a safra recorde

17 de abril de 2017

O pren√ļncio de uma safra recorde de milho em Mato Grosso do Sul, com crescimento de 42,6% sobre o volume produzido nas lavouras do Estado no ciclo anterior, de 6,12 milh√Ķes de toneladas, conforme √ļltimo levantamento divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), aliado a √† rec√©m-encerrada colheita da soja no Estado, ainda com comercializa√ß√£o da oleaginosa em andamento, j√° levanta outro tipo de questionamento entre o produtor rural: onde armazenar tanta produ√ß√£o. O Estado disp√Ķe de uma capacidade de armazenamento est√°tico de 8,5 milh√Ķes de toneladas a granel, mas em duas safras, de inverno e de ver√£o, para uma safra estimada neste ano de 17,5 milh√Ķes de toneladas. “Temos aumentado essa capacidade atrav√©s das cooperativas do agroneg√≥cio, mas ainda assim √© a metade da safra projetada”, reconheceu Nilson Azevedo Marques, superintendente da Conab/MS.

O cen√°rio de reten√ß√£o da produ√ß√£o de soja nos armaz√©ns brasileiros — e sul-mato-grossenses — por um tempo al√©m do previsto, tamb√©m chama a aten√ß√£o de analistas. “Ainda estamos com armaz√©ns lotados de soja, porque os pre√ßos da oleaginosa est√£o baixos e ningu√©m est√° comercializando. O produtor j√° teve um custo elevado para plantar e agora (nesta safra) pode ter um custo ainda maior para armazenar”, alerta a analista de gr√£os da Rural Business Consultoria, T√Ęnia Tozzi.

De acordo com o superintendente regional da Conab, j√° se tem uma quantidade comercializada, de 30% a 40% da produ√ß√£o de soja, segundo estimativas; o que j√° abre um grande espa√ßo para iniciar a safra de milho. “H√° a previs√£o de uma safra boa e grande (de milho) e se a safra de soja demorar um pouco mais para sair cria-se certo problema, por√©m ele ressalta que hoje j√° existem algumas sa√≠das. “H√° o silo-bolsa, que ajuda. N√£o √© uma armazenagem ideal, mas de forma emergencial ajuda, j√° foi utilizado em supersafras anteriores. L√° na frente, vamos ver como ficam os pre√ßos. Milho, por enquanto, √© s√≥ conjuntura”, ponderou.


Fonte: Correio do Estado
Voltar Imprimir
Deixar um coment√°rio
Nome
Coment√°rio
 

Notícias recentes

MST invade fazenda do ministro da Agricultura, Blairo Maggi 25 de julho de 2017 Cerca de mil famílias que integram o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) invadiram na madrugada desta terça-feira, 25, a fazenda do m...
Demarca√ß√£o ind√≠gena: novas regras podem gerar mais conflito? 25 de julho de 2017 Parecer da Advocacia Geral da Uni√£o sobre demarca√ß√£o de terras ind√≠genas assinado na √ļltima semana por Michel Temer deve gerar a revis√£o e a par...
Barreiras comerciais persistem entre pa√≠ses do Mercosul 25 de julho de 2017 Em vias de enfrentar um choque de modernidade pelo acordo com a Uni√£o Europeia, os quatro pa√≠ses-membros do Mercosul ainda imp√Ķem uma s√©rie de bar...
Funrural volta a ser discutido entre 1 e 2 de agosto no Senado Federal 25 de julho de 2017 As discuss√Ķes em torno da volta da cobran√ßa do Funrural continuam, tal qual os esfor√ßos de lideran√ßas do setor para amenizar a a decis√£o do Supre...
Altera√ß√£o de vacina contra febre aftosa est√° em avalia√ß√£o, diz Minist√©rio da Agricultura 25 de julho de 2017 Uma altera√ß√£o na composi√ß√£o da vacina contra a febre aftosa, que tem sido vista como prov√°vel vil√£ na suspens√£o de importa√ß√Ķes de carne brasi...
Boi: Queda nos preços de forrageiras favorece reforma de pastagem 25 de julho de 2017 Após preços recordes em 2016, a oferta de sementes forrageiras deve ser maior neste ano. De acordo com colaboradores do Cepea, a produção em 2017 ...
Carne bovina cai no atacado, mas margem da ind√ļstria se mant√©m elevada 24 de julho de 2017 O pre√ßo m√©dio da carne bovina vendida pelos frigor√≠ficos de S√£o Paulo, em valores nominais, √© o menor desde a √ļltima semana de agosto de 2016. O...


Foto: Valdenir Rezende / Correio do Estado
Produtores deverão ter dificuldades em armazenar safra, já que estoque de soja é elevado