Notícias

Expogrande recebe pela primeira vez gado Tabapuã

14 de fevereiro de 2017

Os criadores da raça Tabapuã, João Trivelato Neto e Gerusa Catelan Trivelato se reuniram na manhã desta terça-feira (14) com o presidente da Acrissul, Jonatan Pereira Barbosa, para confirmar presença durante a 79ª Expogrande.

Criadores exponenciais no Mato Grosso do Sul e em todo o Brasil, eles estarão durante toda a feira com os animais em exposição nos pavilhões e participarão do shopping Vitrine do Boi com a venda de alguns animais da raça.

Essa é a primeira vez em toda a história da Expogrande que o gado Tabapuã participará. Durante a reunião, o presidente da Acrissul destacou a importância da participação de diversas raças na feira. “O criador tem que vir para mostrar o belo trabalho que está fazendo, mostrar a raça, seus animais e qualidades. Mostrar pro mercado com agressividade para fazer belos negócios”.

Conheça a raça

O Tabapuã é uma raça brasileira fruto de cruzamentos entre o gado mocho nacional e animais de origem indiana. Único “zebu brasileiro”, por esse motivo conclui-se que está mais que adaptado às variações climáticas, tendo criadores nos quatro cantos do Brasil.

As vantagens do Tabapuã para reprodução se destacam entre os zebuínos. Com pouca idade no primeiro parto, as matrizes apresentam alto índice de fertilidade e a habilidade materna da raça garante bom desenvolvimento para os bezerros.

Entre os 14 e 16 meses, as fêmeas atingem em média 25% de fertilidade. Entre os 16 e 18 meses, 50% e entre 18 e 20 meses, mais de 60%. Algumas fazendas já registram 95% de sucessos em inseminação artificial. As matrizes Tabapuã também apresentam boa produção de leite. Essa característica faz com que os bezerros da raça tenham desempenho superior a outros zebuínos da mesma idade. Aos 120 dias, por exemplo, eles chegam a 118 Kg em média e na desmama já estão com 200 Kg.

A idade do primeiro parto e o intervalo entre os partos seguintes são a base do índice de natalidade. Bons resultados nesse campo significam maior lucro para o produtor. Nesse quesito, o Tabapuã comprova seu valor todos os anos nas feiras e exposições de que participa.

Outra característica notável, é a docilidade, uma das características mais prezadas pelos criadores. Sem chifres, a raça é mansa e por isso não se estressa ou perde peso durante vacinações, pesagens e transporte.

O Tabapuã também não se envolve em brigas e lida melhor com alimentação no cocho. Por isso, aceita com facilidade o confinamento. Todas essas características se unem à rusticidade e resistência da raça e formam o gado ideal.

Os animais são campeões de peso já aos 205 dias e mantêm essa vantagem ao longo do seu desenvolvimento.

Essa é uma característica própria da raça. Seja no pasto ou em confinamento, os animais têm bom ganho de peso e demonstram acabamento de carcaça exemplar. A precocidade do gado é um fator valioso e o Tabapuã mostra suas vantagens na balança.

79ª Expogrande

A 79ª Expogrande acontece entre os dias 30 de março e 09 de abril no Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande (Mato Grosso do Sul).

Mais informações pelo telefone (67) 3345-4200.


Fonte: Assessoria Acrissul
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Após 8 anos livre, Colômbia detecta foco de aftosa 26 de junho de 2017 A Colômbia registrou seu primeiro foco de febre aftosa desde 2009, quando o país foi declarado livre da enfermidade que afeta o gado. O caso pode im...
"A JBS manipula o mercado nos Estados Unidos", diz carta de associação 26 de junho de 2017 “Se as acusações estiverem corretas, então a JBS zombou das leis dos Estados Unidos. Se construiu seu império utilizando meios ilegais, ele ...
Carne brasileira teme novas restrições estrangeiras 26 de junho de 2017 Os próximos dias serão tensos para a cadeia da carne brasileira. O setor torce para que mercados com mais peso, como o Japão e a União Europeia, p...
É improvável que vacina cause abscesso em carne, diz indústria veterinária 26 de junho de 2017 Não é provável que a vacina seja a causa de abscessos encontrados pelo governo dos Estados Unidos na carne brasileira, problema este citado como um...
Carne do Brasil não oferece risco aos EUA, diz governo; vacina em xeque 26 de junho de 2017 Os problemas apontados pelos Estados Unidos em relação à carne brasileira não oferecem risco à saúde pública e há indicações de que os absce...
Pecuaristas gastam até 600 milhões por ano com vacina da aftosa 26 de junho de 2017 Sebastião Guedes, vice-presidente do Conselho Nacional de Pecuária de Corte (CNPC), afirma que o embargue de carne brasileira pelos Estados Unidos, ...
Formação de abscessos pode estar relacionado a problemas de manejo, afirma pecuarista 26 de junho de 2017 A formação de abscessos, principal argumento utilizado pelo governo norte-americano para suspender a importação de carne in natura do Brasil, pode...


Foto: Assessoria Acrissul
João Trivelato Neto, Jonatan Pereira Barbosa, Gerusa Catelan Trivelato e Marlei Costa