Notícias

Expogrande recebe pela primeira vez gado Tabapuã

14 de fevereiro de 2017

Os criadores da raça Tabapuã, João Trivelato Neto e Gerusa Catelan Trivelato se reuniram na manhã desta terça-feira (14) com o presidente da Acrissul, Jonatan Pereira Barbosa, para confirmar presença durante a 79ª Expogrande.

Criadores exponenciais no Mato Grosso do Sul e em todo o Brasil, eles estarão durante toda a feira com os animais em exposição nos pavilhões e participarão do shopping Vitrine do Boi com a venda de alguns animais da raça.

Essa é a primeira vez em toda a história da Expogrande que o gado Tabapuã participará. Durante a reunião, o presidente da Acrissul destacou a importância da participação de diversas raças na feira. “O criador tem que vir para mostrar o belo trabalho que está fazendo, mostrar a raça, seus animais e qualidades. Mostrar pro mercado com agressividade para fazer belos negócios”.

Conheça a raça

O Tabapuã é uma raça brasileira fruto de cruzamentos entre o gado mocho nacional e animais de origem indiana. Único “zebu brasileiro”, por esse motivo conclui-se que está mais que adaptado às variações climáticas, tendo criadores nos quatro cantos do Brasil.

As vantagens do Tabapuã para reprodução se destacam entre os zebuínos. Com pouca idade no primeiro parto, as matrizes apresentam alto índice de fertilidade e a habilidade materna da raça garante bom desenvolvimento para os bezerros.

Entre os 14 e 16 meses, as fêmeas atingem em média 25% de fertilidade. Entre os 16 e 18 meses, 50% e entre 18 e 20 meses, mais de 60%. Algumas fazendas já registram 95% de sucessos em inseminação artificial. As matrizes Tabapuã também apresentam boa produção de leite. Essa característica faz com que os bezerros da raça tenham desempenho superior a outros zebuínos da mesma idade. Aos 120 dias, por exemplo, eles chegam a 118 Kg em média e na desmama já estão com 200 Kg.

A idade do primeiro parto e o intervalo entre os partos seguintes são a base do índice de natalidade. Bons resultados nesse campo significam maior lucro para o produtor. Nesse quesito, o Tabapuã comprova seu valor todos os anos nas feiras e exposições de que participa.

Outra característica notável, é a docilidade, uma das características mais prezadas pelos criadores. Sem chifres, a raça é mansa e por isso não se estressa ou perde peso durante vacinações, pesagens e transporte.

O Tabapuã também não se envolve em brigas e lida melhor com alimentação no cocho. Por isso, aceita com facilidade o confinamento. Todas essas características se unem à rusticidade e resistência da raça e formam o gado ideal.

Os animais são campeões de peso já aos 205 dias e mantêm essa vantagem ao longo do seu desenvolvimento.

Essa é uma característica própria da raça. Seja no pasto ou em confinamento, os animais têm bom ganho de peso e demonstram acabamento de carcaça exemplar. A precocidade do gado é um fator valioso e o Tabapuã mostra suas vantagens na balança.

79ª Expogrande

A 79ª Expogrande acontece entre os dias 30 de março e 09 de abril no Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande (Mato Grosso do Sul).

Mais informações pelo telefone (67) 3345-4200.


Fonte: Assessoria Acrissul
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Pecuaristas pedem ajuda ao Governo para escoar produção de leite 21 de setembro de 2017 Pecuaristas querem que a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) compre 50 mil toneladas de leite em pó, para ajudar a melhorar o preço pago pel...
Mais de 40 mil produtores podem ficar sem a subvenção do seguro rural 21 de setembro de 2017 O governo já reconhece que pode faltar recursos para o seguro rural deste ano. Com isso, mais de 40 mil produtores podem ficar sem a subvenção do g...
Produção brasileira de carne bovina deve ter leve alta em 2017, crescer 3-4% em 2018 21 de setembro de 2017 A produção de carne bovina no Brasil deve crescer entre 3% e 4% em 2018, segundo estimativa de analistas do Rabobank divulgada em relatório na quar...
Boi: Com inseguranças no setor, preço segue em queda 21 de setembro de 2017 O Indicador ESALQ/BM&FBovespa do boi gordo recuou 1,6% entre 13 e 20 de setembro, fechando a R$ 141,60 nessa quarta-feira, 20. Isso porque a inseg...
MS: Próxima safra de soja deve ter ajuste e produção de 8,3 milhões de toneladas 21 de setembro de 2017 Apesar da última safra de soja em Mato Grosso do Sul ter sido recorde em produção, com boa colheita e ótima produtividade, a estimativa para 2017/...
Frigoríficos voltam às compras, mas demanda ruim pressiona o mercado do boi gordo 21 de setembro de 2017 Aos poucos, as indústrias estão voltando às compras. Porém, mesmo com os frigoríficos afastados das negociações nos últimos dias, as empresas ...
Convocação Eleição Acrissul 20 de setembro de 2017 Caríssimo Associado,Por todo tipo de apoio recebido, registramos mais uma vez nossos melhores agradecimentos.É chegada a hora, Estatutariamente, de ...


Foto: Assessoria Acrissul
João Trivelato Neto, Jonatan Pereira Barbosa, Gerusa Catelan Trivelato e Marlei Costa